Publicidade

Estado de Minas

Família encontra estudante de Direito da UFMG que estava desaparecido

Guilherme Rodrigues da Silva, de 27 anos, estava sumido desde a última quarta-feira (18), quando foi filmado pela câmera do prédio onde mora, na Avenida Afonso Pena, em BH


postado em 22/09/2019 17:29 / atualizado em 22/09/2019 17:32

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)

 

O jovem Guilherme Rodrigues da Silva, de 27 anos, que estava desaparecido desde a última quarta-feira (18), foi encontrado neste domingo (22) por sua família. Guilherme é estudante de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e trabalha em um escritório de advocacia.


De acordo com a família, o jovem estava sumido desde as 16h de quarta, quando a câmera do elevador do prédio onde ele mora, na Avenida Afonso Pena, no Centro de Belo Horizonte, filmou o rapaz.


Ele é ex-funcionário do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e natural de Sete Lagoas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O desaparecimento do jovem repercutiu nas redes sociais, principalmente entre membros da comunidade acadêmica.


Segundo familiares, ainda não há informações precisas sobre as causas do desaparecimento. Ele, contudo, está desidratado e é medicado por uma clínica privada.


“É uma benção muito grande (o achado de Guilherme), porque a UFMG inteira estava se mobilizando por ele. Familiares e amigos também fizeram uma grande corrente de oração. Todo mundo sabe que ele não mexe com nada de errado e sempre foi um menino muito correto”, disse a tia do jovem, Levina Machado.


A reportagem do Estado de Minas apurava informações com Levina quando a família recebeu a notícia positiva. Aos fundos da ligação, familiares celebravam a notícia.


Publicidade