Publicidade

Estado de Minas

Mineradora realiza simulado de emergência em barragem de ouro em Minas

Barramento Turmalina tem capacidade para 684 mil metros cúbicos de rejeitos e 18 metros de altura


postado em 01/08/2019 21:36 / atualizado em 01/08/2019 21:44

Represa está a menos de um quilômetro do Rio Pará, que deságua no São Francisco(foto: Reprodução/Google Street View)
Represa está a menos de um quilômetro do Rio Pará, que deságua no São Francisco (foto: Reprodução/Google Street View)

 

A mineradora Jaguar Mining realizou um simulado de emergência em Conceição do Pará, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, nesta quinta-feira (1º). O treinamento focou em moradores próximos e funcionários que trabalham na Barragem Turmalina. A ação foi preventiva.


Segundo as autoridades, cerca de 60 pessoas, entre moradores, funcionários e servidores públicos, participaram da atividade. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil classificaram o treinamento como positivo.


A atividade teve foco nos moradores da chamada Zona de Autossalvamento (ZAS), que marca um perímetro de 10 quilômetros ao redor da barragem. Quatro pontos de encontro foram mapeados para o evento.


A represa tem 18 metros de altura e capacidade de 684.133 m³ (18 vezes menor que a de Brumadinho) de resíduos de ouro primário, conforme o Cadastro Nacional de Barragens de Mineração, da Agência Nacional de Mineração (ANM). Segundo o documento, a barragem tem baixo risco de colapso.


No entanto, o dano potencial associado a um possível rompimento é classificado pela ANM como alto. Principalmente porque as barragens de ouro contém a substância cianeto, altamente tóxica e usada na extração do metal precioso.


A barragem está localizada na zona rural de Conceição do Pará, às margens da MG-423. A rodovia liga o município a Pitangui, na mesma região do estado. Por isso, durante o treinamento, a Polícia Militar (PM) interditou os dois sentidos da via.


Um eventual rompimento da estrutura traria prejuízos ao Rio Pará. O curso d'água está a pouco mais de um quilômetro da barragem e pertence à bacia do Rio São Francisco.

 

Com TV Alterosa 


Publicidade