Publicidade

Estado de Minas

Minas Gerais teve, em média, mais de 2,2 mil casos prováveis de dengue por dia em 2019

Em novo boletim divulgado nesta segunda-feira (22), Saúde estadual informou que 453.750 diagnósticos prováveis já foram contabilizados neste ano


postado em 22/07/2019 19:57

O sorotipo 2 da dengue continua a ser o predominante em Minas Gerais (foto: NIAID/Divulgação )
O sorotipo 2 da dengue continua a ser o predominante em Minas Gerais (foto: NIAID/Divulgação )

 
A epidemia de dengue que atinge Minas Gerais alcança números cada vez mais expressivos. Em boletim divulgado nesta segunda-feira (22), a Secretaria de Estado de Saúde informou que 453.750 casos prováveis foram registrados neste ano. Com isso, Minas teve, em média, 2.246 diagnósticos prováveis a cada dia em 2019, uma taxa de 93,5 casos por hora. 

As vidas perdidas pela doença continuam no mesmo patamar do levantamento anterior, divulgado na semana passada: 117, sendo 18 em Betim (Grande BH), 17 em Belo Horizonte e 16 em Uberlândia (Triângulo Mineiro). São 126 óbitos em investigação para dengue.

Segundo o levantamento desta segunda, quatro municípios estão com incidência muito alta de casos prováveis de dengue (superior a 500 casos por 100 mil habitantes) e 12 apresentam incidência alta (mais que 300/100 mil) nas últimas quatro semanas epidemiológicas. 

Segunda pior epidemia


Mesmo a doença apresentando desaceleração nos últimos meses, os números colocam 2019 como um dos piores anos da enfermidade. Já são 453.750 casos prováveis registrados. O número coloca este ano como a segunda pior epidemia já registrada em Minas Gerais. Atrás apenas de 2016, quando houve 517.830 notificações.  

Outras doenças


O boletim da SES/MG também traz dados da ocorrência de outras enfermidades no estado. Quanto à febre chikungunya, a Saúde registrou 2.686 casos prováveis e uma morte – um paciente de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Minas também registrou 1.017 casos de zika, dos quais 345 em gestantes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade