Publicidade

Estado de Minas

Polícia e Bombeiros de Minas recebem 111 novas viaturas

Veículos para policiamento Rodoviário, de Meio Ambiente e para Corpo de Bombeiros foram adquiridos por meio de convênios e emendas parlamentares


postado em 27/05/2019 16:35 / atualizado em 27/05/2019 16:55

Os 111 veículos foram adquiridos por meio de convênios estadual e federal e de emendas parlamentares (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
Os 111 veículos foram adquiridos por meio de convênios estadual e federal e de emendas parlamentares (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)

Os comandos de policiamento Rodoviário e de Meio Ambiente de Minas Gerais recebem nesta segunda-feira 111 viaturas para o policiamento ostensivo geral e também para o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

Os veículos foram adquiridos por meio de convênios estadual e federal e de emendas parlamentares.

No total, 30 municípios vão receber uma Renegade cada para o Comando de Policiamento Rodoviário. Outros 40 veículos dos modelos Hillux e Renegade serão destinados ao Comando de Policiamento de Meio Ambiente de 37 cidades. Os custos somam R$ 9,18 milhões em convênios. 

De acordo com o governo, os recursos para compra dos veículos são oriundos de convênios da Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal e também de Termos de Ajuste de Conduta (TAC), propostos pelo Ministério Público Estadual e celebrados entre a Polícia Militar de Minas e empresas que causaram danos ao meio ambiente

Outros 32 veículos dos modelos Hillux e Aircross serão entregues a 30 cidades mineiras para o policiamento ostensivo geral. O valor total é de R$ 2,33 milhões adquiridos por meio de emendas parlamentares de deputados estaduais.

Recurso da Samarco

Para o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais foram reservados seis caminhões Auto Bomba Tanque Salvamento (ABTS) de 16 toneladas, um micro-ônibus e duas vans. Os custos ficam em R$ 3,86 milhões por meio de convênios e emenda parlamentar federal.

O micro-ônibus e as vans serão destinados à Academia de Bombeiros Militar em Belo Horizonte. Já os caminhões irão para batalhões da corporação na capital mineira, além de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte; Ubá, na Zona da Mata; Ipatinga, no Vale do Aço; e Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Os convênios foram adquiridos dos recursos da Fundação Renova, da Mineradora Samarco, como parte do acordo de compensação pelas atividades do Corpo de Bombeiros na Operação Mariana, quando houve rompimento da barragem de Fundão em 2015.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade