Publicidade

Estado de Minas

Carro cai em riacho às margens da MG-338 e motorista morre

A passageira conseguiu sair do veículo e pediu ajuda para outros veículos que passavam pela rodovia. O namorado dela não resistiu aos ferimentos. As causas do acidente ainda são apuradas


postado em 21/04/2019 08:51 / atualizado em 21/04/2019 09:00

O acidente aconteceu na zona rural de Barbacena(foto: Reprodução/Google Street View)
O acidente aconteceu na zona rural de Barbacena (foto: Reprodução/Google Street View)

A polícia vai investigar as causas do acidente que deixou um homem morto na madrugada deste domingo na MG-338, em Conquista, na zona rural de Barbacena, Região Central de Minas Gerais. O homem, de 30 anos, conduzia o veículo pela rodovia quando perdeu o controle da direção. O automóvel acabou caindo em um riacho. A namorada dele, que estava no banco dos passageiros, conseguiu sair do carro.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher contou que ela e o namorado estavam em um Kwid, com placas de Belo Horizonte, transitando pela rodovia. Ela cochilava no banco dos passageiros e o namorado, Genilson Sebastião de Campos, conduzia o carro. Quando passavam pelo km 20, a vítima informou que notou que o motorista perdeu o controle do veículo.

Desgovernado, o carro saiu da pista e passou por um trecho de aproximadamente 50 metros. Em seguida, caiu dentro de um riacho. A mulher contou que conseguiu sair do carro e retirou o namorado. Ela o levou até a margem e foi para a rodovia pedir socorro.

O Corpo de Bombeiros foi acionado. Os militares verificaram que o motorista já estava sem sinais vitais. Uma médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou a morte do homem. Em choque, a passageira foi levada para o Hospital Regional de Barbacena para passar por avaliação médica.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) foi acionada e ficou responsável pela ocorrência. A perícia da Polícia Civil compareceu ao local e iniciou os levantamentos para verificar o que causou o acidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade