Publicidade

Estado de Minas

Briga de casal termina em incêndio em Uberaba

Após uma primeira discussão, em que a polícia foi acionada, casal continuou briga e mulher acabou incendiando um sofá


postado em 25/03/2019 09:53

Mulher foi levada para fora do imóvel e atendida pelo Samu e bombeiros(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Mulher foi levada para fora do imóvel e atendida pelo Samu e bombeiros (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Uma mulher de 35 anos precisou ser socorrida pelos bombeiros após um incêndio em uma residência no Bairro Jardim São Bento, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Segundo a Polícia Militar (PM), ela colocou fogo em um móvel durante uma briga com o companheiro, de 44, na noite desse domingo. 

De acordo com a PM de Uberaba, consta no boletim de ocorrência que o casal discutiu e o homem mandou a mulher sair da casa, que fica na Rua Comandante Meira Júnior. Ela disse que foi agredida fisicamente por ele com um golpe no peito e um tapa no rosto. Houve agressões mútuas e a briga continuou a até que a polícia foi acionada. Conforme a PM, a mulher contou que, “como não queria prejudicar ninguém”, disse que houve apenas uma discussão e não registrou a ocorrência. No entanto, assim que a viatura foi embora, a discussão continuou. 

A mulher falou que sairia da casa com os pertences dela, mas o companheiro respondeu que ela não levaria nada, pois a casa é dele. Então, ela foi até o fogão, colocou fogo em papéis e jogou sobre um cobertor em um sofá que seriam dela. Em seguida, se trancou em um quatro. A mulher acredita que desmaiou, pois só se lembra de acordar do lado de fora da casa. 

O homem disse à PM que tinha ido para a casa do irmão quando viu a fumaça e voltou. Ele disse ter apagado o fogo com baldes d'água. O Corpo de Bombeiros vasculhou a casa em busca de outras pessoas ou animais que pudessem ter ficado presos, mas nada foi constatado. 

A mulher foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela e o companheiro apresentavam sinais de ter inalado fumaça, mas dispensaram encaminhamento a um hospital. Antes da confusão, eles haviam bebido vinho, segundo o homem. O casal foi levado para a Delegacia de Plantão da cidade. 


Publicidade