Publicidade

Estado de Minas

Carro invade lanchonete em acidente no Bairro Funcionários

A motorista de um carro estacionado do outro lado da rua perdeu o controle da direção e atingiu a traseira de outro veículo, que entrou no estabelecimento comercial. Ninguém ficou ferido


postado em 22/03/2019 18:18 / atualizado em 22/03/2019 22:11

Ver galeria . 6 Fotos A motorista de um carro estacionado do outro lado da rua perdeu o controle da direção e atingiu a traseira de outro veículo, que entrou no estabelecimento comercial. Ninguém ficou feridoLarissa Ricci/EM/D,A Press
A motorista de um carro estacionado do outro lado da rua perdeu o controle da direção e atingiu a traseira de outro veículo, que entrou no estabelecimento comercial. Ninguém ficou ferido (foto: Larissa Ricci/EM/D,A Press )

 

Um carro foi parar dentro da lanchonete Kid Lanches, na Rua Gonçalves Dias, no Bairro Funcionários, Região Centro-Sul de BH, no início da noite desta sexta-feira (22). Segundo testemunhas, a motorista de uma Kia Cerato perdeu o controle da direção, se chocou contra um Fiat Palio e o impulsionou para dentro do estabelecimento comercial. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.


O motorista de aplicativo de transporte privado, Rafael Bettini, presenciou o fato. “O Cerato estava parado na vaga (do outro lado da rua), saiu com muita velocidade e bateu neste Palio que estava estacionado (em frente a lanchonete). Sorte que o pessoal havia acabado de sair da lanchonete”, contou.


Segundo outras testemunhas, a mulher estaria de salto e teria prendido o tamanco no tapete do veículo, pressionando o acelerador. De acordo com as mesmas pessoas, a motorista estava em estado de choque e precisou ser acolhida por um salão de beleza ao lado da lanchonete.


Há 25 anos servindo comidas e bebidas na Gonçalves Dias, o dono da lanchonete, Walter Gonçalves, de 53, deu detalhes do acidente. “Aqui é sempre lotado, mas só tinha eu e as meninas no balcão. Eu estava no caixa e ia correr, mas uma parte de uma estante acertou meu nariz. O prejuízo a gente resolve rapidinho, o mais importante mesmo é a vida da gente”, disse.


Até por volta das 18h40, nenhuma autoridade havia chegado ao local, enquanto dezenas de pessoas se aglomeravam ao redor da lanchonete.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade