Publicidade

Estado de Minas

PM aponta redução de crimes violentos durante Carnaval em BH

Números registram queda de 40,8% dos crimes na capital no período carnavalesco. Prefeitura apontou ainda que 69% de ocorrências foram registradas na Região Centro-Sul


postado em 12/03/2019 14:51 / atualizado em 12/03/2019 15:10

Desfile do Bloco Monobloco, na Avenida Abraão Caram, na Pampulha(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Desfile do Bloco Monobloco, na Avenida Abraão Caram, na Pampulha (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

O carnaval em Belo Horizonte aumentou em 2019, e, por mais que a sensação de insegurança tenha aumentado também, números divulgados nesta terça-feira mostram redução dos crimes registrados na capital durante o período de folia. 

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) informou que houve redução de 40,8% dos crimes violentos em comparação com o mesmo período de 2018, passando de 1.087 crimes para 644 crimes. Foram analisados os períodos de 9 a 18 de fevereiro de 2018 e 1 a 10 de março 2019. 

- Estabelecimento: - 59,7 (de 67 crimes em 2018 para 27 crimes em 2019 ) 
- Ônibus Coletivo: - 71,2% (de 59 crimes em 2018 para 17 crimes em 2019) 
- Aparelho Celular: - 41,1 (de 688 crimes em 2018 para 405 crimes em 2019) 
- Veículo 4 rodas: - 66,7 (de 162 crimes em 2018 para 54 crimes em 2019) 
- Motocicletas: - 50% (de 10 crimes em 2018 para 5 crimes em 2019) 

Com relação aos furtos, registrou-se redução de 2.662 crimes em 2018 para 2.596 crimes em 2019. Foram registradas 326 ocorrências com apreensão de drogas, 117 com apreensão de armas de fogo, 76 com apreensão de armas brancas e 29 com apreensão de simulacro de arma.

Os crimes de homicídios consumados no período passaram de 20 para 17. Do número total de crimes de estupro, houve redução de 8 para 6. 

A Polícia Militar informou em nota que “o resultado só foi possível graças à soma dos esforços de todos os policiais militares em garantir a segurança da população mineira”.
 

Posto de Comando 

De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, o Posto de Comando (composto por representantes da organização do evento e apoio operacional) atendeu 228 ocorrências entre os dias 16 de fevereiro e 6 de março, sendo que 69% delas foram verificadas na Região Centro-Sul da cidade, com destaques para os bairros Centro Savassi.

Das ocorrências registradas, 27% foram relacionadas à fiscalização de ambulantes, garrafas de vidro, caçambas, perturbação de sossego, seguidas de segurança (danos ao patrimônio, agressões e lesões) e mobilidade urbana (obstruções de via não planejadas, estacionamento irregular, retenção de trânsito).  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade