Publicidade

Estado de Minas

Passadas seis semanas, 115 pessoas seguem desaparecidas em Brumadinho

Corpo de Bombeiros atualizou os dados no início da noite desta quinta-feira; 193 mortos foram identificados


postado em 07/03/2019 18:37 / atualizado em 07/03/2019 19:01

Mortos foram identificados a partir de 241 corpos e segmentos corpóreos(foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Mortos foram identificados a partir de 241 corpos e segmentos corpóreos (foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)

O número de mortos no rompimento da barragem I da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, chegou a 193. A atualização foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros no início da noite desta quinta-feira (anteriormente, o número era de 186). A tragédia completa seis semanas nesta sexta-feira. 


Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, 162 corpos ou segmentos corpóreos estão pendentes para identificação. O número excede os de desaparecidos, uma vez que esses segmentos podem ser de pessoas já identificadas ou mais de um  corresponder à mesma pessoa.

Ao todo, os resgatistas já encontraram 403 corpos e segmentos corpóreos no mar de lama liberado pela barragem I da Mina Córrego do Feijão, propriedade da Vale.

* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade