Publicidade

Estado de Minas

Homem invade casa, esfaqueia a ex e o atual namorado dela na Grande BH

Edvan Silva Conceição, de 30 anos, foi contido por vizinhos que ouviram os gritos de socorro. Dois filhos dele com a ex-mulher estavam na casa quando o crime aconteceu


postado em 28/02/2019 17:16 / atualizado em 28/02/2019 17:23

(foto: Beto Magalhães/EM/D.A Press)
(foto: Beto Magalhães/EM/D.A Press)

O término do relacionamento foi mais uma vez utilizado como pretexto para uma tentativa de feminicídio em Minas Gerais. Desta vez, a vítima é uma mulher de 27 anos. O ex-companheiro dela, Edvan Silva Conceição, de 30, invadiu a residência onde ela mora. A vítima foi esfaqueada junto com o atual namorado. Vizinhos conseguiram conter o autor, que acabou preso pela Polícia Militar (PM).

A tentativa de duplo assassinato aconteceu na madrugada desta quinta-feira em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a PM, Edvan invadiu o imóvel onde a ex-mulher mora. Em seguida, quebrou um vidro da casa e exigiu ver os dois filhos. Quando o casal saiu da casa, acabou esfaqueado pelo homem.

Moradores vizinhos ouviram os gritos de socorro e foram até o imóvel. Lá, conseguiram conter Edvan. Segundo a PM, os militares chegaram na residência e encontraram a mulher e o atual companheiro caídos na varanda.  Os dois foram socorridos para a Santa Casa de Lagoa Santa. Médicos informaram à PM que o homem sofreu 20 perfurações na cabeça, tórax, costas e braço. Já a mulher teve ferimentos nas pernas e braços.

De acordo com a PM, o autor informou aos militares que foi até a casa da ex-companheira, pois estava inconformado com o término do relacionamento. Além disso, afirmou que tinha sido ameaçado anteriormente pelo atual companheiro da mulher. Por causa disso, levou as facas para se vingar.

O homem foi levado para o hospital da cidade para receber atendimento médico. Em seguida, foi levado para a delegacia de plantão de Vespasiano. O em.com.br entrou em contato com a Polícia Civil para saber como a ocorrência foi encerrada, mas ainda aguarda posicionamento sobre o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade