Publicidade

Estado de Minas

Minas tem média de 13,6 casos de estupro ou tentativa a cada 24 horas

Uma criança de apenas 6 anos foi estuprada por um homem em Sabará e uma adolescente conseguiu fugir de um ataque, mas foi esfaqueada pelo suspeito. Os dois foram detidos


postado em 08/01/2019 06:00 / atualizado em 08/01/2019 07:46

(foto: Arte EM)
(foto: Arte EM)


Dois casos de estupro – um tentado e outro consumado – mancharam o fim de semana na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em Sabará, um homem de 28 anos foi detido pela polícia por ser suspeito de abusar de uma criança de 6 no Bairro Ana Lúcia. Já na cidade de Ribeirão das Neves, o ataque também foi contra um vulnerável, desta vez uma adolescente de 13. A vítima fugiu e evitou a violação sexual, mas o suspeito a esfaqueou sete vezes, uma delas no pescoço. A jovem está internada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Em números apurados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) até novembro, Minas abriga, em média, 13,6 casos de estupro tentados ou consumados a cada 24 horas. Contra menores de idade, a média também assusta: registram-se três ocorrências a cada dois dias no estado.

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso de Sabará, ocorrido no domingo, começou com outro caso. Militares estavam no local por causa de uma briga entre dois indivíduos, não identificados, que causou um alvoroço na região. Durante a confusão, o suspeito aproveitou o momento para levar a criança para a casa dele. Ele a atraiu com a promessa de que daria brinquedos a ela. Contudo, a avó da menina percebeu a ausência dela e logo depois a encontrou vestindo apenas a camisa, próximo ao homem, que estava com o zíper da calça aberto. Agentes da Polícia Militar (PM) levaram a criança para longe da confusão e ela relatou havia sido vítima de estupro.

No local, uma testemunha informou aos militares que viu o homem levando a criança para dentro de um quarto. Apesar de as suspeitas, o acusado negou as acusações e alegou que a criança dizia “inverdades”. Populares próximos ao local queriam matar o homem, mesmo com a presença da polícia. Então, os militares deram voz de prisão ao suspeito e o encaminharam para a delegacia de plantão de Sabará. A criança foi levada ao Hospital Municipal Odilon Behrens, na Região Nordeste de Belo Horizonte, onde se constatou a violência sexual.

FUGA EM NEVES Em Ribeirão das Neves, o boletim de ocorrência foi registrado na Rua 18 do Bairro Savassi. Segundo a corporação, a adolescente andava pela rua do bairro onde mora, quando um homem a convidou para entrar na casa dele. O suspeito alegou que daria algo a ela. Então, portando uma faca, ele a ameaçou e exigiu que a garota mantivesse relações sexuais com ele. A adolescente conseguiu correr, mas acabou caindo durante a fuga.

Nesse momento, o homem a esfaqueou sete vezes, uma delas no pescoço. Mesmo machucada, a vítima conseguiu novamente correr até a casa da tia dela, na mesma rua. Quando chegou ao local, ela foi resgatada por alguns vizinhos, que não foram identificados. O autor do crime fugiu, mas a Polícia Militar o localizou e o prendeu. Ele foi encaminhado à Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves. A jovem foi internada no Hospital São Judas Tadeu no sábado. Contudo, a equipe médica a transferiu para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII ontem, quando houve uma piora no quadro clínico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade