Publicidade

Estado de Minas

Câmera flagra momento em que porteiro é baleado em prédio na Raja Gabaglia; veja imagens

Equipamento de segurança do condomínio mostrou assaltante e funcionário em luta corporal antes de trabalhador ser atingido por um tiro. Bandido fugiu em um carro que estava do outro lado da avenida


postado em 05/12/2018 13:38 / atualizado em 05/12/2018 14:01


Imagens gravadas pelas câmeras de segurança do Edifício Beverlly Hills, na Avenida Raja Gabaglia, Bairro Luxemburgo, Centro-Sul de Belo Horizonte, durante uma tentativa de assalto a um prédio residencial da avenida, mostram o bandido que invadiu o condomínio e o porteiro em luta corporal antes de o funcionário ser atingido por um disparo entre o ombro e as costas. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira.

A tentativa de assalto aconteceu em um prédio na Avenida Raja Gabáglia(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)
A tentativa de assalto aconteceu em um prédio na Avenida Raja Gabáglia (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)


Primeiro, as imagens indicam que o ladrão aproveita um momento de fechamento do portão eletrônico para entrar no prédio, logo atrás do porteiro que também é visto nas imagens. Depois, os dois somem e reaparecem em seguida atracados em luta corporal, o que indica, segundo a PM, que o trabalhador José Pereira de Souza, de 60 anos, reagiu à abordagem do bandido.

A luta dura 37 segundos enquanto está na área filmada pela câmera, até que o porteiro leva um tiro e o assaltante foge. Antes disso, o bandido parece querer o controle do portão. Quando ele consegue, abre o dispositivo, faz o disparo e foge.

Ferramentas utilizadas pelos criminosos foram apreendidas(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)
Ferramentas utilizadas pelos criminosos foram apreendidas (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)


Outra câmera flagra um veículo que parece ser um Siena do outro lado da avenida, com um homem aguardando do lado de fora. Esse segundo homem entra no carro, o assaltante que atirou no porteiro entra em seguida e o veículo vai embora.

De acordo com a PM, uma bolsa do ladrão ficou para trás, com objetos como chaves de fenda e alicates, o que para a polícia indica que o homem tinha a intenção invadir o condomínio para tentar arrombar apartamentos.

É a segunda vez que o mesmo porteiro é vítima de uma tentativa de assalto e é baleado. Em junho de 2016, ele foi atingido depois que um homem entrou no prédio e insistiu para subir, sob o argumento que entregaria uma encomenda para uma moradora. A Polícia Militar fez rastreamentos pelo local, mas ninguém foi preso até o momento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade