Publicidade

Estado de Minas

Padre é afastado de igreja de Betim depois de confusão com fiéis

Um grupo de orações estava no local, quando vizinhos reclamaram do som alto. O padre foi conversar com os presentes e uma discussão foi iniciada. Representantes do grupo acusaram o religioso de estar embriagado


postado em 24/10/2018 14:37 / atualizado em 24/10/2018 14:46

(foto: Google Street View/Divulgação)
(foto: Google Street View/Divulgação)

O padre da Paróquia São Francisco de Assis, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi destituído da função de pároco devido a uma confusão registrada na noite dessa terça-feira. Um grupo de orações estava no local, quando vizinhos reclamaram do som alto. O padre foi conversar com os presentes e uma discussão foi iniciada. Representantes do grupo acusaram o religioso de estar embriagado. A Polícia Militar (PM) foi acionada e registrou um boletim de ocorrência. O afastamento foi confirmado nesta quarta-feira pela Arquidiocese da capital mineira.

De acordo com a PM, os militares foram acionados para averiguar uma ocorrência de atrito verbal. Testemunhas contaram aos policiais vizinhos reclamaram do som alto vindo da paróquia durante a reza do grupo de orações. O padre foi até o local e teve início uma discussão. As orações estavam sendo transmitidas ao vivo por meio do Facebook. Os integrantes do grupo de orações acusaram o religioso de estar embriagado.

Nesta quarta-feira, a Arquidiocese de Belo Horizonte decidiu afastar o padre. “Em razão dos fatos ocorridos na Paróquia São Francisco de Assis, em Betim, o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, convocou o padre Geovane Marques e, em medida disciplinar, o destituiu da função de pároco da referida Paróquia”, informou por meio de nota.

Informou, ainda, que o caso está sendo investigado. “A Ouvidoria da Arquidiocese de Belo Horizonte apura todos os fatos ocorridos na Paróquia. E até que seja nomeado novo pároco, o Arcebispo determinou que a Forania Nossa Senhora do Carmo seja a responsável por acompanhar pastoralmente a Paróquia São Francisco de Assis, oferecendo toda a assistência necessária aos fiéis”, finalizou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade