Publicidade

Estado de Minas

Cães em situação de maus-tratos são resgatados no Triângulo Mineiro

Mulher mantinha 50 animais em canil clandestino, entre eles vários filhotes destinados à venda


postado em 03/10/2018 18:18 / atualizado em 03/10/2018 18:53

(foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)
(foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)
A Polícia Militar Ambiental interditou um canil clandestino em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, na manhã desta quarta-feira. Após denúncias, a Polícia Militar Ambiental foi ao local juntamente com Ministério Público Estadual e membros da Sociedade Protetora de Animais de Ituiutaba (Spai) e encontraram na casa 50 cães em situação de maus tratos.

Segundo os policiais, o local estava extremamente sujo, com fezes, urina e lixo espalhados, exalando forte odor. Os animais ficavam em todos os cômodos da casa. Na sala, foram encontrados filhotes escondidos, e nos quartos, cães em cima de cama.

(foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)
(foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)
A dona da casa, de 60 anos, suspeita de cometer crime de maus-tratos, foi levada para a delegacia, mas, por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e ela foi liberada para responder perante o Juizado Especial Criminal. 

De acordo com a veterinária que acompanhou a apreensão, alguns animais estavam com carrapatos, pêlos embaraçados por falta de cuidados e fezes com verminose. 

(foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)
(foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)
Segundo os policiais, foram apreendidos 17 cães de raça desta mesma proprietária a menos de 30 dias. “O local é totalmente sem higiene e sem condições para a criação de cães, mas estes locais só existem porque tem pessoas que insistem em comprar animais de raça e não se preocupam com sua origem”, conta o sargento da Polícia Militar Ambiental, Eduardo Venancio.

Os 50 cães, entre matrizes e filhotes, foram apreendidos e encaminhados para uma clínica veterinária, onde vão receber os devidos cuidados médicos veterinários como exames, tratamentos e higienização. Após cuidados, estarão disponíveis para adoção pela Sociedade Protetora de Animais de Ituiutaba (Spai).
 

 
* Sob supervisão da subeditora Ellen Cristie 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade