Publicidade

Estado de Minas

Ex-padrasto é preso por estuprar criança de 11 anos no Triângulo Mineiro

Mãe também foi detida por abandono de incapaz, já que garoto estava sozinho em casa e com dificuldade para se locomover após os atos; PM agiu após denúncia feita ao Conselho Tutelar


postado em 04/09/2018 19:04

Ex-padrasto e a mãe da criança foram encaminhados à delegacia de Uberaba, no Triângulo Mineiro(foto: Reprodução/Polícia Militar)
Ex-padrasto e a mãe da criança foram encaminhados à delegacia de Uberaba, no Triângulo Mineiro (foto: Reprodução/Polícia Militar)
A Polícia Militar (PM) prendeu um homem, de 32 anos, suspeito de estuprar seu ex-enteado, de 11, na manhã desta terça-feira (4). A PM agiu na cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, depois do Conselho Tutelar receber denúncia de uma professora da criança e repassar as informações à corporação. 

Segundo a PM, a educadora informou ao Conselho que a criança apresentava dificuldades para andar. Além disso, a professora informou ao órgão que o garoto tinha dificuldade para se sentar, o que gerou a desconfiança.

Em posse das informações, o Conselho Tutelar acionou a PM. Os militares, por sua vez, buscaram pelos registros do suspeito e concluíram que ele tinha um mandado de prisão em aberto. A PM não soube informar qual o conteúdo deste mandado. 

Logo, o órgão de segurança chegou à casa do suspeito, que tentou fugir pulando alguns muros. Após resistir à ação da polícia, o homem foi imobilizado e detido. Sua ex-companheira, 34, também foi presa por abandono de incapaz, uma vez que seu filho estava sozinho em casa e sem capacidade para se locomover. Eles foram encaminhados à delegacia de Uberaba. 

A criança foi entregue ao Conselho Tutelar, onde receberá a assistência necessária. O ex-padrasto chegou a prometer uma bicicleta ao garoto para coagi-lo. A suspeita da PM é o estupro tenha ocorrido no fim de semana. 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade