Publicidade

Estado de Minas

Caminhão carregado com carvão fica preso em viaduto da Via Expressa

De acordo com a Transcom, autarquia responsável pelo trânsito em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a pista da esquerda, no sentido Belo Horizonte / Betim, ficou interditada por aproximadamente uma hora e 20 minutos


postado em 20/08/2018 14:00 / atualizado em 20/08/2018 15:38

Veículo interdita uma das faixas em direção a Betim(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A.Press)
Veículo interdita uma das faixas em direção a Betim (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A.Press)

Mais um acidente envolvendo caminhões com carga superdimensionadas, complicou o trânsito. Desta vez, a ocorrência aconteceu na Via Expressa. Um veículo carregado de carvão ficou preso ao passar pelo viaduto da Avenida João César de Oliveira, no Bairro Beatriz, em Contagem, na Grande BH. A ocorrência interrompeu parcialmente o tráfego por aproximadamente uma hora e 20 minutos. 

De acordo com a Transcon, autarquia responsável pelo trânsito em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a pista da esquerda, no sentido Belo Horizonte / Betim, foi interditada 13h40. Técnicos da autarquia foram ao local para controlar o trânsito e avaliar a melhor maneira de retirar o caminhão.

O trânsito foi liberado, segundo a Transcon, por volta das 15h.

Devido ao acidente, o trânsito é lento na Via Expressa(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A.Press)
Devido ao acidente, o trânsito é lento na Via Expressa (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A.Press)


Complexo da Lagoinha


Outro acidente semelhante provocou caos no trânsito de Belo Horizonte na manhã desta segunda-feira. Uma carreta que transportava uma retroescavadeira fechou parte do Complexo da Lagoinha, no Centro de Belo Horizonte. O veículo bateu em vigas de sustentação de uma das trincheiras na noite de domingo. Mesmo assim, o trânsito interditado para uma avaliação na estrutura, e somente no fim da manhã parte da pista foi liberada.

Segundo a Polícia Militar, o acidente gerou quatro multas por infrações de trânsito distintas. Uma das infrações foi registrada pelo fato de o condutor da carreta que bateu nas vigas de concreto da trincheira entre o Túnel da Lagoinha e o Viaduto Oeste estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde abril, o que é infração gravíssima, punida com a perda de sete pontos na CNH e multa de R$ 293,47.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade