Publicidade

Estado de Minas

Polícia abre inquérito para investigar atropelamento de mulher e duas crianças em BH

A investigação começou depois que as vítimas fizeram representação contra o motorista. O condutor, que fugiu do local do acidente, ainda não foi encontrado


postado em 17/07/2018 16:08 / atualizado em 17/07/2018 16:16

O acidente aconteceu na Rua Radialista Josafá Florêncio(foto: Reprodução/ Google Street View)
O acidente aconteceu na Rua Radialista Josafá Florêncio (foto: Reprodução/ Google Street View)

Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar o atropelamento de uma mulher e duas crianças em Belo Horizonte. O acidente aconteceu na noite de domingo no Bairro Céu Azul, na Região de Venda Nova. Os agentes continuam as diligências para prender o condutor do veículo, que fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. As apurações foram abertas depois que as pessoas atropeladas optaram por abrir uma representação contra o motorista.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o acidente aconteceu por volta das 21h40. A mulher e as duas crianças, que não tiveram os nomes e idades revelados, estavam na Rua Radialista Josafá Florêncio, próximo ao número 40, quando acabaram atingidos por um carro.

Testemunhas contaram aos militares que o motorista estava em um Gol prata. Quando os militares faziam a ocorrência, chegou a informação de que o veículo estaria na garagem de uma casa na Rua Radialista Margarida Maciel, que fica próximo ao local. Os policiais seguiram até a casa e uma moradora autorizou a entrada deles. Na garagem, encontraram o veículo com a parte dianteira amassada. O condutor, de 43 anos, não estava no imóvel.

As três vítimas do acidente foram encaminhadas para o Hospital João XXIII. Segundo a PM, a mulher de 43 anos, sofreu lesões em uma das pernas, na coluna, no tórax, e escoriações pelo corpo. Uma das crianças teve lesão no fígado e escoriações. A outra fraturou as duas pernas e ainda teve outras lesões no corpo. O estado de saúde delas não foi informado pela unidade de saúde.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade