Publicidade

Estado de Minas

Ônibus é queimado no Venda Nova e viagens na região são suspensas mais cedo

Pelo menos dois homens participaram do atentado. Em bilhete deixado com motorista, bandidos ameaçam novos incêndios se continuarem maus-tratos contra detentos de Bicas


postado em 09/07/2018 21:51 / atualizado em 09/07/2018 23:29

Bombeiros foram chamados, mas chamas destruíram completamente veículo(foto: Túlio Santos/EM/D.A.Press)
Bombeiros foram chamados, mas chamas destruíram completamente veículo (foto: Túlio Santos/EM/D.A.Press)
Um ônibus foi queimado na noite desta segunda-feira no Bairro Jardim Comerciários, na Região Venda Nova, em Belo Horizonte. O incêndio criminoso seria em retaliação as ações de agentes penitenciário do presídio de São Joaquim de Bicas, na Grande BH.

Devido ao ato de vandalismo, as viagens de ônibus trocais que partem das estações Vilarinhos e Venda Nova serão suspensas a partir das 23h, segundo informou a BHTrans. Já as linhas alimentadoras funcionarão até meia-noite. As viagens das linhas para o Jardim Comerciários já foram suspensas.

De acordo com as primeiras informações da PM, dois homens abordaram o motorista da linha 635 (Estação Vilarinho/Jardim Comerciários) e o obrigaram a deixar o veículo. Em seguida colocaram fogo no coletivo, usando líquido combustível.

Os homens fugiram, porém, militares do 49º Batalhão da PM já teriam levantados informações sobre os criminosos, que estão sendo procurados. A dupla, além de queimar o ônibus, entregou um bilhete ao motorista, em que ameaçam novos incêndios caso os agentes penitenciários de Bicas II sigam maltratando os detentos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade