Publicidade

Estado de Minas

Operação cumpre mandados de prisão contra facção que atacou ônibus em MG

Chefes de organização criminosa que atua em presídios são suspeitos pelos ataques à ônibus, incêndio em edifícios público e tráfico de drogas em Minas Gerais


postado em 05/07/2018 11:00 / atualizado em 05/07/2018 13:40

Foram cumpridos na manhã desta quinta-feira (5) 27 mandados de busca e apreensão e 28 de mandados de prisão preventiva ligados à membros de facção criminosa e envolvidos em ataques à ônibus, incêndio em edifícios público e tráfico de drogas em Minas Gerais.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado e da 13ª Promotoria de Justiça da capital, ofereceu denúncia à 2ª Vara de Tóxicos da Comarca de Belo Horizonte e os mandados foram cumpridos.

Segundo o MPMG, os denunciados são membros de uma facção criminosa que atua em Minas Gerais. Deles, 22 encontram-se presos em 10 estabelecimentos prisionais espalhados pelo estado. Um dos alvos será recolhido no Presidio Federal de Campo Grande e outros cinco denunciados estão soltos, sendo que dois são considerados foragidos.

Foi requerida e deferida pela Justiça a prisão preventiva dos 28 denunciados, assim como a imediata transferência de 27 denunciados que se encontram em Minas para unidade prisional adequada – onde eles serão mantidos em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), com isolamento dos demais detentos.

 As investigações foram conduzidas pelo MPMG, com apoio da Secretaria de Administração Prisional e das policiais Civil e Militar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade