Publicidade

Estado de Minas

Após dois meses em obras, acesso ao Viaduto Leste, no Complexo da Lagoinha, será liberado

O trecho estava fechado desde 24 de abril. A estimativa iniciou é que o deslocamento das muretas da estrutura duraria um mês, mas o prazo para o fim de serviço foi de pouco mais de 60 dias


postado em 24/06/2018 07:50 / atualizado em 24/06/2018 08:42

Interdição do elevado provocou lentidão diária em Belo Horizonte(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Interdição do elevado provocou lentidão diária em Belo Horizonte (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Mais uma etapa das obras no Complexo da Lagoinha, no Centro de Belo Horizonte, está completa. A partir de 5h desta segunda-feira, o acesso ao Viaduto Leste dos motoristas que seguem pela Avenida Antônio Carlos, e deseja acessar a Praça da Estação, será liberado. O trecho estava fechado desde 24 de abril. A estimativa iniciou é que o deslocamento das muretas da estrutura duraria um mês, mas o prazo para o fim de serviço foi de pouco mais de 60 dias.

De acordo com a BHTrans, agentes de trânsito vão monitorar e orientar os motoristas sobre as modificações realizadas no local. As linhas do transporte coletivo intermunicipal vão retornar ao seu itinerário normal.  As linhas do sistema municipal não serão alteradas.

As obras fazem parte da nova configuração viária do conjunto formado pelo Viaduto Leste e pelo novo elevado, que são necessárias para ajustar a demanda de tráfego à nova oferta de pistas na região. Depois que todas as intervenções estiverem concluídas, motoristas que saem do Centro de BH pelo Viaduto Leste passarão a ter quatro pistas para entrar nas avenidas Cristiano Machado e Antônio Carlos e não mais apenas duas, como é hoje.

Após mais de dois anos em obras, a previsão da Superintendência de Desenvolvimento de Belo Horizonte (Sudecap) é de que os trabalhos sejam concluídos em junho. Foram investidos R$ 61 milhões nas intervenções, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). No fim do ano passado, depois de transcorrido quase um ano da previsão inicial para o término da obra, a Sudecap tinha expectativa de inaugurar a estrutura em janeiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade