Publicidade

Estado de Minas

Ônibus serão desviados para a pista mista no acesso ao Centro pelo Túnel da Lagoinha

As mudanças no trânsito fazem parte da nova etapa das obras do Complexo da Lagoinha. As alterações começam neste sábado. Veículos que seguem pela Avenida Cristiano Machado e acessam o Complexo da Lagoinha já passam pela nova pista do Viaduto Leste, que fica a poucos metros da antiga


postado em 18/05/2018 10:48 / atualizado em 18/05/2018 12:11

Os coletivos serão desviados antes de começarem a descida da pista que passa por debaixo do Túnel da Lagoinha(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
Os coletivos serão desviados antes de começarem a descida da pista que passa por debaixo do Túnel da Lagoinha (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)

Uma nova etapa das obras no Complexo da Lagoinha tem início neste sábado. Os ônibus que seguem pela pista exclusiva da Avenida Cristiano Machado em direção ao Centro, serão desviados para a pista mista antes do túnel da Lagoinha. Eles usarão o mesmo trajeto dos carros para acessar o viaduto que passa por ajustes. As mudanças ocorrem para obras no acesso dos coletivos ao complexo, que era feito por debaixo do Túnel da Lagoinha. Não haverá alterações de embarque e desembarques nas estações do Move da avenida.

A mudança promete deixar o trânsito lento na região, pois irá aumentar o fluxo de veículos no Túnel da Lagoinha. Devido as obras,  o acesso a alça antiga do Viaduto Leste será interditado. Por isso, os automóveis que seguem debaixo do túnel em direção ao Viaduto Leste, terão que acessar a Avenida Antônio Carlos, pegar o Viaduto Senegal e retornar em direção ao Complexo da Lagoinha.

Desde a última terça-feira, os veículos que seguem pela Avenida Cristiano Machado em direção ao Centro, utilizam a nova alça do Viaduto Leste. Ao sair do Túnel da Lagoinha, o acesso está sendo feito na pista já reformada, que fica a poucos metros da antiga. Agentes da BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal, vão monitorar o trânsito e orientar os motoristas sobre as novas mudanças.

As obras fazem parte da nova configuração viária do conjunto formado pelo Viaduto Leste e pelo novo elevado, que são necessárias para ajustar a demanda de tráfego à nova oferta de pistas na região. Depois que todas as intervenções estiverem concluídas, motoristas que saem do Centro de BH pelo Viaduto Leste passarão a ter quatro pistas para entrar nas avenidas Cristiano Machado e Antônio Carlos e não mais apenas duas, como é hoje.

Após mais de dois anos em obras, a previsão da Superintendência de Desenvolvimento de Belo Horizonte (Sudecap) é de que os trabalhos sejam concluídos em junho. Foram investidos R$ 61 milhões nas intervenções, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). No fim do ano passado, depois de transcorrido quase um ano da previsão inicial para o término da obra, a Sudecap tinha expectativa de inaugurar a estrutura em janeiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade