Publicidade

Estado de Minas

Aberto novo viaduto no Complexo da Lagoinha, Centro de BH

Estrutura é inaugurada com promessa de desafogar o trânsito na região. São duas alças em direção ao Hipercentro, uma delas com faixa exclusiva para o Move


postado em 13/04/2018 08:08 / atualizado em 13/04/2018 12:40


Foi liberado, nesta sexta-feira, o novo viaduto do Complexo da Lagoinha, Centro de Belo Horizonte. O tráfego começou a fluir pelas duas alças, que fazem o sentido Bairro/Centro, por volta da 0h. A estrutura faz a ligação dos corredores de ônibus das avenidas Cristiano Machado e Antônio Carlos com o Hipercentro da capital. O objetivo é dar mais vazão ao trânsito na chegada à região. 

Do lado esquerdo, são duas novas faixas que desembocam em direção às ruas São Paulo e Rio de Janeiro. Uma delas é exclusiva pra o Move, o que não existia anteriormente, quando, após sair da Estação São Gabriel, os veículos não tinham um trecho 100% exclusivo até o Centro. Já as duas faixas da direita levam os veículos à Avenida do Contorno.

A Rua São Paulo, entre a Rua Oiapoque e a Avenida do Contorno, será de trânsito exclusivo para ônibus e carros que se deslocam em direção à Praça Engenheiro José Nogueira de Sá, no Centro da capital.
 
Veja, a partir da saída do túnel, como fica a lógica com o novo viaduto no Complexo da Lagoinha
 

(foto: BHTrans/Divulgação)
(foto: BHTrans/Divulgação)


A inauguração do viaduto estava atrasada há um ano e, após adiamento, a previsão era de que a alça fosse aberta somente em maio deste ano. O investimento total da intervenção é de aproximadamente R$ 61,6 milhões, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade.

O elevado tem 57 metros de comprimento e as maiores vigas já usadas na construção de obras do tipo pela Prefeitura de Belo Horizonte. A estrutura começa com quatro faixas de circulação ao lado do Viaduto Leste, que antes servia tanto aos ônibus quanto aos carros que saem do túnel da Cristiano Machado em direção ao Centro de BH, passando ao lado do Shopping Oiapoque e chegando à Praça da Estação. Quando a pista chega exatamente acima da Avenida do Contorno e da linha férrea, ela se divide, direcionando os fluxos. Duas faixas continuam paralelas ao Viaduto Leste e desembocam no meio da Contorno. As outras duas fazem uma curva à direita, com acesso à Contorno pelo canto direito, na esquina com a Rua São Paulo, em frente ao Shopping Oiapoque.

Ver galeria . 11 Fotos Após atraso, previsão era de que a nova estrutura do Complexo da Lagoinha fosse inaugurada em maioJair Amaral/EM/DA Press
Após atraso, previsão era de que a nova estrutura do Complexo da Lagoinha fosse inaugurada em maio (foto: Jair Amaral/EM/DA Press )


Desse modo, a pista de duas faixas que segue paralela ao Viaduto Leste, no sentido Lagoinha/Avenida do Contorno e Boulevard Arrudas, passa a receber o tráfego misto (carros e ônibus). A outra, também de duas faixas, desemboca próximo à Rua São Paulo e terá a faixa da esquerda destinada ao trânsito misto, enquanto a da direita será de uso exclusivo de ônibus, incluindo o Move. Na chegada à Rua São Paulo, o acesso será limitado aos coletivos, enquanto os demais veículos seguem e podem acessar o Centro pela Rua Rio de Janeiro.

Outra mudança no Viaduto Leste é no sentido Centro/Bairro, partindo do Bulevar Arrudas para as avenidas Antônio Carlos e Cristiano Machado. Com a mudança da barreira de concreto que divide os dois sentidos da estrutura, as duas atuais faixas ganham reforço de mais uma e os carros vão poder ocupar três faixas até o Túnel da Lagoinha. (Com informações de João Henrique do Vale)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade