Publicidade

Estado de Minas

Incêndios atingem pelo menos 26 veículos em três cidades mineiras

Casos ocorreram em Uberlândia, Uberaba e Monte Carmelo. Ainda não há informações concretas sobre possível ligação com onda de ataques que vem sendo registrada em Minas desde 3 de junho


postado em 15/06/2018 09:58 / atualizado em 15/06/2018 15:36

Em Monte Carmelo incêndio aconteceu dentro de pátio de recolhimento de veículos e deixou rastro de destruição em duas carretas, dois caminhões e 14 carros(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Em Monte Carmelo incêndio aconteceu dentro de pátio de recolhimento de veículos e deixou rastro de destruição em duas carretas, dois caminhões e 14 carros (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Três cidades de Minas Gerais registraram incêndios em veículos na noite desta quinta-feira e madrugada de hoje. Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados para conter chamas em Uberlândia e Uberaba, no Triângulo Mineiro, e em Monte Carmelo, no Alto Paranaíba.

O primeiro caso aconteceu em Monte Carmelo, ainda na noite de quinta. De acordo com os bombeiros, a companhia de Araguari, distante 100 quilômetros do local do fogo, foi acionada para combater as chamas em um pátio de recolhimento de veículos.

Depois de muito trabalho e apoio de três caminhões pipa o incêndio foi contido, mas foram consumidos duas carretas, dois caminhões e 14 carros. Ainda segundo os bombeiros, há indícios de que o fogo tenha sido causado de forma criminosa e a perícia da Polícia Civil vai trabalhar para levantar as causas da ocorrência.

Momentos depois, já na madrugada de hoje, o Corpo de Bombeiros foi novamente acionado, dessa vez para atuar em Uberlândia. Dois incêndios em endereços diferentes, ambos no Bairro Roosevelt, atingiram veículos em uma região de ferros-velhos da cidade. Um dos casos foi registrado na rua Osmar Sales Monteiro e o outro na Rua Mário Pafume. Há informações de oito veículos destruídos pelo fogo.

Segundo os bombeiros, também há registro de um carro incendiado em Uberaba, o que leva o número de veículos danificados a 26. O caso ocorreu no fim da noite de ontem. 

ONDA DE ATAQUES Ainda não há ligação oficial confirmada entre os dois casos e a onda de ataques a ônibus, carros e imóveis em Minas desde 3 de junho. Já são pelo menos 68 coletivos incendiados em 41 cidades mineiras e 93 presos com relações com os crimes. Ontem, uma operação da Polícia Civil de São Paulo buscou 75 alvos ligados a uma facção criminosa em 14 estados do Brasil, com oito presos em Minas Gerais. A facção é apontada como responsável pelos ataques em Minas e o principal motivo até o momento revelado pelas autoridades seria a pressão sofrida por detentos no sistema prisional do estado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade