Publicidade

Estado de Minas

Recém-nascida é achada morta com sinais de violência em rua de Divinópolis

Corpo foi colocado dentro de uma sacola e abandonado perto da calçada no Bairro São José. Polícia tenta localizar a mãe


postado em 03/06/2018 14:18 / atualizado em 03/06/2018 14:33

Sacola com o corpo do bebê foi deixada na Rua Campo Florido(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Sacola com o corpo do bebê foi deixada na Rua Campo Florido (foto: Reprodução da internet/Google Maps)

A polícia vai investigar a morte de uma recém-nascida cujo corpo foi encontrado dentro de uma sacola na manhã deste domingo em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais. Peças de roupa de uma mulher foram recolhidas no local. 

A Polícia Militar (PM) foi chamada por volta das 9h30, quando um morador da Rua Campo Florido, no Bairro São José, localizou a criança. Segundo a PM, ele saiu para pegar o carro que estava estacionado na rua quando viu uma sacola preta, semelhante a uma embalagem de lixo, na frente do veículo, perto da guia da calçada. Ao recolher a sacola para colocar em uma lixeira, ele viu o corpo do bebê. 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirmou a morte da menina, que ainda estava com o cordão umbilical e a placenta. Uma calça e uma peça íntima feminina sujas de sangue foram encontradas na mesma sacola. 

A perícia da Polícia Civil esteve no local, realizou os trabalhos de praxe e levou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) do município. Ainda segundo a PM, a ocorrência foi registrada como infanticídio, “Matar, sob a influência do estado puerperal, o próprio filho, durante o parto ou logo após”, conforme o Artigo 123 do Código Penal Brasileiro. Isso porque o corpo da recém-nascida apresentava sinais de violência, como lesões que podem ter sido provocadas por um objeto perfurocortante. 

De acordo com a PM, até o encerramento da ocorrência a mãe da criança não havia sido localizada. A perícia coletou os materiais para fazer exames comparativos e tentar descobrir quem é a mulher. Os hospitais da cidade também foram notificados para o caso de alguma paciente dar entrada com sangramento ou alguma evidência de parto recente. A Polícia Militar também pede que quem tiver alguma informação sobre o crime, ligue para os telefones 190 ou 181 (Disque Denúncia). 

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que trata o caso como homicídio, pois, para que a situação se configure como infanticídio, é preciso a constatação de que o crime tenha sido cometido pela mãe. Como foi recolhido material biológico durante a perícia, um médico legista também foi acionado para realizar exames. 

BEBÊ ABANDONADO Na manhã da última sexta-feira, um menino foi abandonado na porta de uma casa no Bairro Vila Marilena, em Três Pontas, Sul de Minas Gerais. O recém-nascido foi enrolado em um cobertor e colocado dentro de uma mochila. De acordo com a PM, o menino foi levado para a maternidade do Hospital São Francisco de Assis. Ele pesa pouco mais de 2 quilos e aparentava estar saudável. Veja a reportagem da TV Alterosa: 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade