Publicidade

Estado de Minas

Jovem fica perdido durante entrega de drogas e é detido em Santa Luzia

Aos policiais, Gabryell Souza informou que não conhecia a cidade da Grande BH. O homem iria vender cocaína no Mega Space


postado em 11/05/2018 09:59 / atualizado em 11/05/2018 11:47

Um jovem ficou perdido ao sair para entregar drogas no Mega Space e acabou sendo detido pela Polícia Militar (PM) na madrugada desta sexta-feira em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Grande quantidade de maconha e cocaína, além de duas armas foram apreendidas na ocorrência. 

Segundo a corporação, Gabryell José Souza Ribeiro, de 22 anos, estava dentro de um Pálio, parado na Avenida Brasília por volta da 0h40. Policiais desconfiaram, fizeram abordagem e encontraram grande quantidade de cocaína dentro do veículo. 

Aos policiais, Gabryell disse que iria entregar os entorpecentes no Mega Space e que, constantemente, levava drogas ao local. Contudo, o jovem informou aos militares que não morava na região e acabou se perdendo. 

A namorada de Gabryell, que estava no carro, afirmou aos militares que não sabia da cocaína e nem que o companheiro iria levá-la para um comprador no Mega Space. Ainda segundo ela, o namorado disse que os dois iriam para um evento no local. 

Durante conversa com a PM, Gabryell confessou que na casa dele, no Bairro Calafate, Região Oeste de Belo Horizonte, estavam guardadas uma pistola nove milímetros, uma arma calibre 38 e vasta munição para os revólveres. A PM foi ao imóvel e ainda apreendeu grande quantidade de maconha. 

As drogas, conforme Gabryell disse à PM, seriam de um homem conhecido como “Meu Mano”, de quem receberia R$ 1 mil pelo transporte dos entorpecentes, que seriam comercializados por cerca de R$ 18 mil. Contudo, a identidade e endereço do homem apontado como dono das drogas não foi revelada aos policiais. 

Mesmo alegando não saber de nada, a namorada foi detida junto com Gabryell. Os dois foram levados para a delegacia de plantão da Polícia Civil em Santa Luzia. 
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade