Publicidade

Estado de Minas

Obra provoca mudança em linhas de ônibus no Bairro Buritis

A execução de obras no local é demanda dos moradores do Bairro Buritis desde o fim de 2015. Localizada a menos de um quilômetro da sede da BHTrans, a Avenida Mário Werneck era marcada por buracos e ondulações antes do recapeamento


postado em 08/05/2018 06:00 / atualizado em 08/05/2018 09:26

Orçadas em R$ 1,3 milhão, as obras na Mário Werneck deverão ser finalizadas até o fim do mês de junho(foto: Juarez Rodrigues/EM/DA Press)
Orçadas em R$ 1,3 milhão, as obras na Mário Werneck deverão ser finalizadas até o fim do mês de junho (foto: Juarez Rodrigues/EM/DA Press)

Obras na Avenida Mário Werneck, no Bairro Buritis, Região Oeste de Belo Horizonte desviam o tráfego de automóveis e de ônibus. As intervenções estão orçadas em R$ 1,3 milhão, com previsão de término para o próximo mês, de acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Smobi). Até lá, pode haver novas alterações no trânsito para que a obra seja finalizada. Assim como no atual desvio, futuras mudanças no tráfego serão avisadas previamente.

Até o fim do mês de junho, as linhas 5201 (Dona Clara/Buritis), 8203 (Renascença/Buritis), 9250 (Vera Cruz/Buritis), 205 (Estação Calafate/Buritis) e SE02 (Buritis/Savassi) não vão trafegar pelo trecho compreendido entre as ruas Paulo Surette e Alessandra Salum Cadar, próximas ao Parque Aggeo Pio Sobrinho. O novo itinerário segue pelas ruas Cônsul Walter, Teresa Mota Valadares, Vereador Washington Walfrido e Maria Heilbuth Surette, no sentido no bairro. Já no sentido centro, o fluxo passa pelas ruas Maria Heilbuth Surette, Eli Seabra Filho e Henrique Badaró, antes de retornar à Avenida Mário Werneck.

A execução de obras no local é demanda dos moradores do Bairro Buritis desde o fim de 2015. Localizada a menos de um quilômetro da sede da BHTrans, a Avenida Mário Werneck era marcada por buracos e ondulações antes do recapeamento. Além da reforma do asfalto, a Sudecap realiza a drenagem da via, em razão da água infiltrada por baixo da estrutura. As ações, de acordo com a ABB, estão dentro do esperado pelos cidadãos, apesar da incerteza quanto ao prazo de finalização dos trabalhos. “O serviço está sendo feito de forma bastante cuidadosa. Sempre temos visto o pessoal da prefeitura bastante atuante. Por mais que ultrapasse o prazo, nossa preferência é pela competência, desde que não custe mais dinheiro”, ressalta Lara.

Segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), por meio de sua assessoria de comunicação, agentes filiados à autarquia trabalham no local nos horários de pico. A operação serve para orientar e tirar dúvidas de cidadãos que passam ou vivem por ali. Entretanto, a Associação de Moradores do Bairro Buritis (ABB) informa que outras intervenções da BHTrans, como a instalação de semáforos, têm provocado gargalos em ruas anexas. “Na Rua Eli Seabra Filho, o cruzamento ficou muito lento e o tráfego já causou buracos no local. Por isso, notificamos a BHTrans e solicitamos o recapeamento”, afirmou o presidente da ABB, Bráulio Lara.

A Smobi também informou que os trabalhos são desempenhados pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 17h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade