Publicidade

Estado de Minas

Jornada Solidária promove manhã com diversão e oficina gastronômica em creche de BH

Instituição de ensino no Bairro Santa Lúcia recebeu atividades em parceria com o Festival Fartura Kids nesta sexta-feira


postado em 20/04/2018 12:32 / atualizado em 20/04/2018 13:07

Crianças assistem apresentação teatral na Creche Madre Garcia(foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)
Crianças assistem apresentação teatral na Creche Madre Garcia (foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)

Uma manhã divertida, cheia de sabor e música. É o que tiveram, na manhã desta sexta-feira, as mais de 100 crianças atendidas pela creche Madre Garcia, na comunidade da Barragem Santa Lúcia, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. A iniciativa faz parte da Jornada Solidária, projeto social dos Diários Associados voltado para unidades de ensino infantil da capital, e contou com o apoio da equipe do Festival Fartura Kids, evento que une alta gastronomia e oficinas voltadas para as crianças.

A brincadeira começou bem cedo, quando as crianças receberam pinturas faciais e puderam se transformar em seus personagens favoritos, como o Homem-Aranha, além de receberem pipocas. Logo depois, eles receberam cachorros-quentes preparados com produtos naturais pelo chef de cozinha Guilherme Melo. Os mais velhos também puderam colocar a mão na massa em uma oficina de decoração de cupcakes, onde puderam soltar a imaginação na hora de confeccionar os bolinhos. Além disso, eles também puderam assistir e interagir com uma apresentação teatral com muita música e bom-humor. 

“Trazer a gastronomia, um lanche gourmet para as crianças que jamais teriam esse acesso é muito especial, é emocionante”, disse a presidente da Jornada Solidária, Nazareth Teixeira da Costa.  “É um cardápio diferente, saudável”, acrescentou. 

O chef Guilherme Melo também falou da satisfação de participar da atividade na creche, que atende crianças de até 5 anos em período integral. “É recompensador. Acho que é muito legal trazer uma coisa diferente para as crianças. A recompensa em forma de sorriso, de ver a alegria das crianças é muito legal”, comentou o chef. “É uma recompensa para a vida”, resumiu.

O presidente da creche Madre Garcia, Marcos Guimarães Silva, assistia à apresentação teatral junto com as crianças, que gargalhavam e aplaudiam as peripécias de um palhaço que tentava se equilibrar em um monociclo. Depois da apresentação, eles seguiriam para a oficina de confeitaria. Ele destacou que a alimentação também contribui para a parte pedagógica. “É de uma importância muito grande que as crianças possam ter essa interação com a culinária, eles vão pôr a mão na massa. Que esse projeto se estenda. É uma parceria bacana com a Jornada Solidária”, afirmou Silva.

“Essa é a proposta da Jornada. Dar às crianças das creches beneficiadas, mostrar para elas que elas têm acesso sim, que elas têm oportunidade sim, igual a toda e qualquer criança, independente da posição socioeconômica”, enfatizou a coordenadora-geral da Jornada Solidária, Isabela Teixeira da Costa. Neste ano, a Jornada Solidária vai atuar também na elaboração do projeto arquitetônico para reforma da Creche Madre Garcia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade