Publicidade

Estado de Minas

Prefeitura reabre licitação de R$ 28 milhões contra enchentes na Tereza Cristina

Obras contemplam a canalização de, aproximadamente, 350 metros da bacia do Ribeirão Arrudas. Planejamento prevê 300 dias de obras


postado em 09/04/2018 20:10 / atualizado em 09/04/2018 22:16

(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

Acabar com as enchentes que causam prejuízos econômicos e risco de morte para moradores às margens do Ribeirão Arrudas, na Avenida Tereza Cristina. Esse é o objetivo da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) com o lançamento de uma licitação de obra que soma mais de R$ 28 milhões, com recursos provenientes do Ministério das Cidades.

As obras previstas contemplam a canalização em gabião de, aproximadamente, 350 metros da bacia do Ribeirão Arrudas, no trecho que divide o Bairro das Indústrias, na Região do Barreiro, e o Bairro Vista Alegre, na Região Oeste, para conter os constantes alagamentos na região. A licitação prevê 300 dias de obras após a assinatura da ordem de serviços, o que equivale a 10 meses.

A obra será feita ao longo do curso d'água, entre as ruas Padre Machado e Padre Viegas. Segundo a Secretaria Municipal de Obras, essa intervenção integra o programa Reestruturação e Revitalização Ambiental dos Córregos da Bacia do Ribeirão Arrudas, que inclui outras ações. Entre elas está a detenção dos córregos Bonsucesso, Olaria e Túnel/Camarões.

Alagamentos

Em agosto, a prefeitura lançou outras duas licitações para sanar os transtornos causados com o alagamento e a interdição da Avenida Cristiano Machado, principal via de ligação da Região Norte da cidade e acesso ao Centro Administrativo do governo do estado e ao aeroporto internacional de Confins.

As obras nos canais dos ribeirões da Pampulha e do Onça, que ainda estão em andamento, prometem reduzir enchentes como a que transformou a Avenida Cristiano Machado em um rio, em 2011, na altura do Bairro Primeiro de Maio.

* Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade