Publicidade

Estado de Minas

Pai e filho são presos após tentar matar uma mulher na Região Metropolitana de BH

Segundo a Polícia Civil, o crime foi motivado por vingança, já que a mulher denunciou o companheiro por agressão


postado em 27/03/2018 19:05 / atualizado em 27/03/2018 19:11

Um pai, de 51 anos, e o filho, de 27, foram presos suspeitos de envolvimento na tentativa de assassinato de uma mulher, de 37, em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Outros dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram apreendidos, acusados de atirar contra a vítima.

Segundo a polícia, a mulher namorava o suspeito de ser o mandante do crime. A tentativa de homicídio ocorreu em novembro de 2017, depois que a mulher denunciou o companheiro por seguidas agressões domésticas e também por tráfico de drogas, no Bairro São Geraldo.

Ela foi surpreendida pelos tiros quando descia de um veículo, próximo à sua casa. Ela foi atingida no rosto e braços, mas sobreviveu às agressões. O motivo para o atentado seria vingança, já que no dia em que houve a denúncia, o homem foi preso em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações duraram cerca de quatro meses. O autor e o filho dele tiveram sua prisão preventiva decretada por feminicídio. Os adolescentes também foram apreendidos.

Violência doméstica

A cada hora, 15 mulheres são vítimas de estupros, torturas, espancamentos, humilhações, homicídios, roubos e outras formas de agressão no ambiente doméstico e familiar em Minas Gerais, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Segundo a Sesp, 43% dos agressores são os próprios companheiros ou namorados das vítimas. No ano passado, foram registradas mais de 18 mil ocorrências de crimes relacionados à violência de gênero.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade