Publicidade

Estado de Minas

Ladrões roubam carro de aplicativo, erram caminho e são presos na Grande BH

Assaltantes foram localizados na rampa de acesso às dependências da Cidade Administrativa e presos em Vespasiano, na Grande BH


postado em 06/03/2018 10:50 / atualizado em 06/03/2018 12:23

Dois jovens que roubaram um motorist do aplicativo 99pop foram presos depois de trafegarem pela contramão e tentarem entrar nas dependências da Cidade Administrativa, na MG-010, na Grande BH. Eles foram localizados em uma barreira da guarda do prédio. 

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o condutor do veículo, de 32 anos, atendeu à solicitação de corrida do aplicativo ainda na Avenida Cristiano Machado, altura do Bairro Vila Clóris, na Região Norte de Belo Horizonte. 

Quatro homens entraram no carro, sendo um armado, e anunciaram o assalto. O motorista dirigiu até a Avenida Vilarinho, em Venda Nova, onde foi abandonado. Os assaltantes fugiram pela MG-010, mas foram vistos por câmeras do Olho Vivo na contramão da rodovia. 

Ainda conforme a PM, os ladrões foram barrados por um guarda da Cidade Administrativa no momento em que estavam na rampa de acesso ao estacionamento do complexo. Assustados, os bandidos fugiram em direção ao Bairro Morro Alto, em Vespasiano, mas foram perseguidos por viaturas da corporação. 

Durante a fuga, o carro foi abandonado e dois assaltantes fugiram a pé, não sendo localizados. Entretanto, dois jovens de 19 anos foram presos pela Polícia Militar e reconhecidos pelo motorista do aplicativo. Aos PMs, os jovens disseram que erraram o caminho durante a fuga e, por isso, foram parar na Cidade Admnistrativa.

O carro foi removido a um pátio credenciado e a ocorrência foi encerrada no Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), onde os suspeitos serão investigados. 
  
A assessoria de imprensa do 99pop foi procurada e informou que o motorista vítima do assalto ainda não notificou a empresa. 
 
* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade