Publicidade

Estado de Minas

Roubo de carro de aplicativo termina em morte de assaltante em BH

Duas ocorrências do mesmo tipo foram registradas pela Polícia Militar na Região Oeste de Belo Horizonte e, em uma delas, um assaltante morreu; dois foram presos


postado em 21/02/2018 09:30 / atualizado em 21/02/2018 11:39

O período entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira foi marcado pela prisão de dois e pela morte de um assaltante, todos envolvidos em ocorrências de roubos a carros de aplicativos na Região Oeste de Belo Horizonte.

Ainda são procurados pela Polícia Militar três homens que participaram dos crimes e conseguiram fugir.

Rastreador e prisão 

No fim da noite dessa terça-feira, um jovem de 18 anos foi preso com um carro roubado por ele e mais dois comparsas durante uma corrida solicitada no aplicativo 99POP no aglomerado Cabana do Pai Tomás, Oeste de BH. 

De acordo com a Polícia Militar, a corrida foi iniciada no Bairro Tropical, em Contagem, na Grande BH, onde três jovens embarcaram em um Renault Sandero. No Bairro Novo Riacho, o trio anunciou o assalto ao motorista, que não tinha dinheiro vivo com ele. 

Ainda conforme a corporação, o condutor do carro foi abandonado no Bairro Tropical, de onde acionou os militares. O carro tem sistema rastreador, que apontou uma localização no Bairro Madre Gertrudes. 

Os policiais seguiram o sinal do aparelho e acharam o carro na Rua Flores, na Cabana do Pai Tomás. Pedro Camilo Dias, que dirigia o Sandero, disse aos PMs que o carro era de um amigo e que estava vindo de Contagem. 

O motorista do aplicativo foi levado até o local e reconheceu Pedro como um dos assaltantes. Em fotos no celular do jovem, ele ainda apontou à Polícia Militar quem seriam os outros dois comparsas que participaram da ação, mas os homens não foram localizados. Segundo a PM, o Sandero foi devolvido ao motorista e a ocorrência foi encerrada no Detran.

Roubo, batida e morte 

Já durante a madrugada, umassaltante morreu depois de roubar o carro de um motorista de aplicativo na Avenida Amazonas, próximo ao cruzamento com a Rua Marcílio Dias.
 
Um companheiro dele foi ferido e preso.
 
A dupla bateu o veículo em um poste na Avenida Tereza Cristina, também na Região Oeste de Belo Horizonte.

A Polícia Militar informou que o condutor do app estava parado na via aguardando um passageiro, quando um HB20 cercou o carro e três homens desceram anunciando o assalto. Simulando estar com uma arma, os assaltantes roubaram o celular e fugiram na Avenida Amazonas com o carro usado pelo homem para trabalhar. 

Já na Avenida Tereza Cristina, os assaltantes se assustaram com uma viatura da Polícia Militar e João Marcos Pereira dos Santos, de 19 anos, que dirigia o veículo, perdeu o controle da direção e bateu em um poste. 

Um dos assaltantes morreu no local da batida e o outro, ferido, fugiu a pé. João Marcos Pereira foi localizado próximo ao acidente e levado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde permanece internado sob escolta policial. 

Ainda conforme a PM, o celular e o carro do motorista foram recuperados e devolvidos. O outro suspeito de participar da ação não foi localizado. 
 
* Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade