Publicidade

Estado de Minas

Temporal em Machacalis derruba casas e prefeito decreta calamidade pública

Mais de 50 famílias do Bairro da Área ficaram desabrigadas durante a chuva dessa quinta-feira


postado em 09/02/2018 08:46 / atualizado em 09/02/2018 09:11

A Prefeitura de Machacalis, no Vale do Mucuri, vai decretar nesta sexta-feira estado de calamidade pública devido ao temporal que alagou bairros da cidade, destruiu casas e desabrigou famílias. 

Foram registrados mais de 50 milímetros de chuva na cidade entre 17h e 20h nessa quinta-feira. A precipitação fez com que os Rios do Norte e Água Branca transbordassem.

A Secretaria municipal de Assistência Social informou que o Bairro da Área, na região da Praça Princesa Isabel, foi o mais atingido pela enchente e mais de 50 famílias ficaram sem moradias. 

“Pegou todo muito de surpresa, foi muito rápido. Em questão de minutos a água invadiu praticamente todo o bairro,” explicou o Secretário de Assistência Social, Diego Soares. 

Ver galeria . 6 Fotos Cerca de 50 família foram desabrigadas devido à enchente causada pelo trasbordamento de dois rios, do Norte e Água Branca Internet/ Whatsapp/ Divulgação
Cerca de 50 família foram desabrigadas devido à enchente causada pelo trasbordamento de dois rios, do Norte e Água Branca (foto: Internet/ Whatsapp/ Divulgação )
Equipes da prefeitura e da Defesa Civil estão nas ruas nesta manhã e contabilizam quantas famílias ficaram desabrigadas e quantas casas foram destruídas.

O fornecimento de água e energia elétrica em Machacalis segue normalmente nesta manhã. 

“Hoje ainda o prefeito vai decretar estado de calamidade pública e foi disponibilizado todo o efetivo de trabalhadores da prefeitura para fazer a limpeza das ruas da cidade,” disse Diego. 

Ainda conforme a prefeitura, outros bairros também foram atingidos, mas os danos foram menores e só foram registradas ocorrências de desabamentos de muros. Não há programação de carnaval para a cidade. 
 
*Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade