Publicidade

Estado de Minas

Detentos queimam colchões e se ferem durante motim em presídio de Caeté

Direção da unidade vai instaurar um processo para apurar as causas do fatos. Cinco presos ficaram feridos e precisam de atendimento médico


postado em 25/01/2018 11:55 / atualizado em 25/01/2018 13:03

Um princípio de rebelião terminou com cinco detentos feridos na madrugada desta quinta-feira no Presídio de Caeté, na Região Central de Minas Gerais.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap/MG), os presos atearam fogo em colchões em um motim durante a madrugada. Dois detentos inalaram fumaça e outros três ficaram feridos no momento em que os agentes penitenciários tentavam conter a movimentação.

Os cinco presos foram levados para a Santa Casa de Caeté, sob escolta, mas passam bem e já retornaram ao presídio nesta manhã. As causas do motim não foram informadas pela Seap. Os agentes penitenciários fizeram um Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) e, conforme a secretaria, a direção do presídio vai instaurar um procedimento interno para apurar o motim.

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade