Publicidade

Estado de Minas

Entulho gerado por incêndio em pavilhão da Ceasa começa a ser retirado

Trabalhos de limpeza acontecem nesta manhã acompanhados por bombeiros, já que ainda há material fumegante que pode reiniciar o fogo


postado em 09/09/2017 10:14

Material destruído pelo fogo começa a ser retirado da Ceasa(foto: Mateus Parreiras/EM/D.A PRESS)
Material destruído pelo fogo começa a ser retirado da Ceasa (foto: Mateus Parreiras/EM/D.A PRESS)
O trabalho de limpeza dos escombros do pavilhão das Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), em Contagem, na Grande BH, atingido por incêndio na última quinta-feira, acontece na manhã deste sábado. Duas retroescavadeiras e uma escavadeira trabalham no local sob a observação de um caminhão dos Bombeiros, já que, ainda hoje, há entulho fumegante no local, o que pode reiniciar o fogo.

A ocorrência teve início por volta das 12h30 de quinta-feira, feriado da Independência. O fogo destruiu completamente 80% da área do pavilhão G1 do mercado atacadista, comprometendo também, em menor grau, o restante das estruturas.

O trabalho dos bombeiros durante o feriado consumiu cerca de 300 mil litros de água e só se encerrou por volta das 22h, quando os militares constataram que uma das lojas, na parte central do pavilhão, armazenava agrotóxicos.

Ontem pela manhã, a loja ainda pegava fogo e os bombeiros abriram caminho para acessar o local, usando pó químico e areia para conter o fogo.

Outra constatação feita ontem, por técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad), foi a presença de uma mancha de fuligem na Lagoa da Pampulha e também no Córrego Sarandi, que deságua na represa. A mancha é resultado da chegada da água usada no combate ao fogo que destruiu o pavilhão G1 do complexo de abastecimento.

O que os funcionários do Núcleo de Emergência Ambiental (NEA) da secretaria agora avaliam é se a água, que escoou pela rede de drenagem da Ceasa e das vias públicas no entorno, também está contaminada por agrotóxicos, já que uma das lojas atingidas pelo fogo continha defensivos agrícolas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade