Publicidade

Estado de Minas

Mulher descobre gravidez ao dar à luz bebê dentro de casa em Araguari nesta segunda-feira

O Corpo de Bombeiros foi acionado e dois militares ajudaram nos cuidados iniciais com a criança e a grávida. Mãe e filho passam bem


postado em 14/08/2017 17:20 / atualizado em 14/08/2017 17:34

Criança e a mãe foram levados para um hospital da cidade(foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)
Criança e a mãe foram levados para um hospital da cidade (foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)
Mesmo sendo uma mãe já experiente, uma mulher de 34 anos não desconfiou que estava grávida do terceiro filho. A descoberta aconteceu de uma forma inesperada. Ela acordou com fortes dores abdominais e sentiu uma pressão na barriga. O Corpo de Bombeiros foi acionado e dois militares ajudaram no parto em Araguari, na Região do Triângulo Mineiro. A criança nasceu saudável e foi encaminhada para o hospital junto com a mãe. A gestante contou aos bombeiros que não desconfiava da gravidez e que um médico a teria diagnóstico, de forma errada, com um linfoma.

O pedido de ajuda ao Corpo de Bombeiros aconteceu por volta das 7h30, dentro de uma casa na Rua Oitis, no Bairro São Sebastião. A mulher contou aos militares que durante a noite e madrugada, sentiu fortes dores abdominais. De manhã, quando foi ao banheiro, sentiu algo pressionando.

“Entrou um chamado de uma pessoa que estava entrando em trabalho de parto. Fomos rápido ao local e quando chegamos o bebê tinha acabado de nascer”, explicou o sargento Eci Felício de Paula. Junto com o soldado Cassemiro Dias Oliveira, o sargento fizeram os primeiros socorros. “A criança estava bem, estável e rosadinha. Fizemos os procedimentos para manter os sinais vitais intactos e as pacientes com saúde. Utilizamos uma manta térmica para manter as temperaturas dos dois”, comentou Eci Felício.

A mãe e o bebê foram colocados na ambulância e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento, onde equipes já estavam de prontidão para atender as duas. Elas passam bem, segundo o Corpo de Bombeiros. A mulher não imaginava que estava grávida. “Por incrível que pareça, ela foi até um posto e o médico a diagnosticou com linfoma na barriga. Quando chegamos ela estava muito assustada e confusa com a situação”, disse o sargento.

Para o militar, ocorrências de parto são diferentes e gratificantes. “Já atendi outras sete ocorrências deste tipo, e cada uma tem uma emoção muito grande. A gente se sente como se fosse o filho da gente”, afirmou o sargento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade