Publicidade

Estado de Minas

Corpo de recém-nascido é encontrado dentro de lixeira no Centro de Caratinga

A menina ainda estava com o cordão umbilical e com resto da placenta. Ela não resistiu e morreu. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso


postado em 08/09/2017 19:00 / atualizado em 08/09/2017 20:18

Bebê foi encontrado enrolado em uma toalha dentro de uma sacola de lixo(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Bebê foi encontrado enrolado em uma toalha dentro de uma sacola de lixo (foto: Polícia Militar/Divulgação)

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a pessoa que deixou uma criança recém-nascida dentro de uma lixeira no Centro de Caratinga, na Região do Rio Doce. A menina ainda estava com o cordão umbilical e com resto da placenta. Ela não resistiu e morreu. Câmeras de segurança de casas próximas ao local estão sendo analisadas para saber se conseguiram flagrar a ação do homem ou mulher que abandonou o bebê. Ninguém foi preso.

A criança foi encontrada na tarde desta sexta-feira na Rua Herculano Leite de Matos. A Polícia Militar (PM) foi acionada por uma mulher que flagrou o momento em que uma catadora de papel encontrou o corpo da criança. A menina estava enrolada em uma toalha amarela e dentro de uma sacola de lixo azul.

A perícia da Polícia Civil foi acionada e identificou que o corpo seria do sexo feminino, de cor branca. Detalhes encontrados pelos investigadores levantam a suspeita que a criança teria nascido momentos antes de ser abandonada. Ela ainda estava com o cordão umbilical e com fragmentos de placenta. O corpo e os materiais encontrados foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade por uma funerária.

De acordo com a PM, câmeras de monitoramento de duas casas próximas ao local podem ter flagrado a ação da pessoa que abandonou a criança. As imagens devem ser analisadas pela Polícia Civil durante as investigações no inquérito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade