Publicidade

Estado de Minas

Militar reformado dos Bombeiros surta e causa confusão na Praça Sete

Homem, que ameaçou se matar e atirar em pedestres, está na reserva da corporação há cerca de 12 anos. Segundo informações da família, ele usa de remédios controlados


postado em 14/08/2017 08:58 / atualizado em 14/08/2017 09:36

Um surto psiquiátrico de um Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros mobilizou militares da corporação e da Polícia Militar durante esta madrugada na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte.

O homem, que não teve identidade informada, ficou por cerca de duas horas nas imediações do pirulito da praça, com uma carabina e um revólver. Segundo informações dos Bombeiros, o militar, reformado há cerca de 12 anos, tem problemas psiquiátricos e, de acordo com relato de familiares, faz uso de remédio controlado.

O militar teria, durante sua permanência na praça, ameaçado se matar e atirar em imóveis e pessoas no entorno da praça. Ainda conforme o relato de familiares aos Bombeiros, o surto teria sido causado pela ingestão de bebida alcoólica juntamente com os remédios.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar foi acionado e cercou a praça por duas horas para negociação com o militar. Ele foi detido e encaminhado ao departamento psiquiátrico do Hospital da Polícia Militar onde ficará internado.

As armas que estavam com o bombeiro foram recolhidas e um processo administrativo será um aberto para investigar se a carabina e o revólver eram registrados. 

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade