Publicidade

Estado de Minas

Jovem que gravou vídeo arremessando gato em Caeté diz que ato foi uma brincadeira

O homem será indiciado por por maus-tratos a animais. A pena varia de três meses a um ano de prisão


postado em 06/07/2015 17:18


O jovem que gravou um vídeo arremessando um gato por cima do muro de uma casa em Caeté, na Grande BH, prestou depoimento nesta segunda-feira. O garoto, que não teve o nome divulgado, confirmou que tudo não passou de uma brincadeira. O delegado Bruno Affonso, responsável pelo caso, informou que vai indiciar o homem por maus-tratos a animais. A pena varia de três meses a um ano de prisão.

No vídeo, o rapaz de 19 anos aparece com o gato em uma das mãos. Antes de arremessar o animal a uma grande altura por cima de um muro ele diz que esse é o tratamento dado por quem não gosta dos animais. "Pra quem não gosta de gato no WhatsApp, faz isso aqui com ele", declara o jovem. Em depoimento, assumiu o crime. “Ele afirmou que cometeu o ato em uma brincadeira. Disse, ainda, que o gato era da vizinha dele e que não morreu. Segundo ele, o animal vive nas redondezas da casa”, afirma o delegado.

No depoimento do jovem, a polícia conseguiu identificar o homem que gravou o vídeo. “Ele vai ser intimado e deve prestar depoimento ainda nesta semana”, explica Bruno Affonso.

O caso será encaminhado para a Justiça ainda nesta semana, segundo o delegado.


Publicidade