Publicidade

Estado de Minas

Jovem que gravou vídeo arremessando gato em Caeté vai prestar depoimento na segunda-feira

As imagens circularam pelas redes sociais e causaram indignação da população. Além do homem, outra rapaz que filmou a cena também poderá responder por maus-tratos a animais


postado em 03/07/2015 15:27 / atualizado em 03/07/2015 15:30


Equipes da delegacia de Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vão ouvir, na próxima segunda-feira, dois jovens que gravaram um vídeo arremessando um gato por cima do muro de uma casa da cidade. As imagens circularam pelas redes sociais e causaram indignação da população. A dupla poderá responder por maus-tratos a animais.

No vídeo, um rapaz de 19 anos aparece com o gato em uma das mãos. Antes de arremessar o animal a uma grande altura por cima de um muro ele diz que esse é o tratamento dado por quem não gosta dos animais. "Pra quem não gosta de gato no WhatsApp, faz isso aqui com ele", declara o jovem. O felino não foi encontrado pela polícia. Segundo as investigações, moradores relatam que ele morreu. Porém, ainda não há confirmação.

Nesta semana, os policiais conseguiram localizar os dois suspeitos. Informalmente, o jovem que arremessou o animal disse que o vídeo era uma montagem. Mas, depois, segundo a polícia, confessou. Ele vai prestar depoimento na próxima segunda-feira no final da tarde.

De acordo com o delegado Bruno Affonso, responsável pelo caso, os dois rapazes responderão pela lei de crimes ambientais e podem pegar de três meses a um ano de prisão.


Publicidade