Publicidade

Estado de Minas

Início da primavera deve ser sem chuva em Minas

A mudança de estação vai começar na próxima segunda-feira. Meteorologistas afirmam que a temporada de chuva, que normalmente chega em meados de setembro, já está atrasada


postado em 17/09/2014 16:29 / atualizado em 17/09/2014 16:53

Belo Horizonte ficou perto de bater o recorde de calor no inverno em 2014 nesta quarta-feira. Os termômetros na capital mineira marcaram 32,9 ºC, pouco menos do que os 33,1ºC registrado em 2 de setembro. A preocupação é com a baixa umidade relativa do ar. O índice ficou em 24 % o que representa estado de atenção pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A situação deve se manter neste patamar ainda por um tempo. Meteorologistas afirmam que a temporada de chuva, que normalmente chega em meados de setembro, já está atrasada.

Na segunda-feira, mais precisamente às 23h29, teremos a mudança do inverno para a primavera. A expectativa de aliviar o tempo seco, já que tradicionalmente na estação temos chuva, pode ficar mais distante. “Fato é que o ciclo de chuva normalmente dão os primeiros sintomas em meados de setembro. Po´rem, já está caracterizado um atraso. Isso indica que a primavera deve começar sem chuva, mas pode se que no final temos mais precipitações”, afiram o meteorologista.

A capital mineira convive com uma sequência de dias quentes que são provocados por uma massa de ar seco que está sobre a região sudeste. “Ontem (terça-feira), os termômetros marcaram 33ºC e hoje foi um pouco abaixo. A situação deve se manter assim até o fim de semana. Em todo o estado prevalece o tempo seco e o calor”, explicou o meteorologista Luiz Clemente Ladeia, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Apenas na região da Zona da Mata, os moradores tiveram um alívio. “Teve uma chuva pouco significativa em Juiz de Fora, mas nas outras regiões segue a estiagem”, comentou. A maior temperatura registrada no Estado foi em Unaí, na Região Noroeste de Minas Gerais, onde os termômetros marcaram 39,2ºC.

A preocupação com as autoridades é com a baixa umidade relativa do ar, que pode causar danos a saúde. Na capital mineira, o índice ficou em 24 %. A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil divulgou um alerta na terça-feira informando que a situação deve prevalecer até segunda-feira. “Infelizmente vamos ter a baixa umidade por alguns dias. O tempo vai ficar parcialmente nublado e com essa névoa seca”, diz Ladeia.

No estado, o menor índice de umidade foi registrado em Pirapora, na Região Norte de Minas Gerais. Lá, ficou em 16%. Vale lembrar que quando a taxa é inferior a 30%, como informado pela OMS, já é considerado ruim para a saúde. Abaixo de 12% é considerado estado de emergência.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade