Publicidade

Estado de Minas

Pais são suspeitos de matar a filha de 5 meses em Sete Lagoas

Criança foi encontrada morta dentro de casa. Polícia suspeita que ela tenha sido sufocada com uma colcha


postado em 03/06/2014 12:06 / atualizado em 03/06/2014 12:10

A Polícia Civil de Sete Lagoas investiga a morte de um bebê de apenas 5 meses ocorrida no último domingo. Os principais suspeitos do crime são os pais da menina, que foram localizados na segunda-feira e liberados.

De acordo com a PC, a delegada Mariza Andrade, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Sete Lagoas, que os próprios pais do bebê chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A menina estava em parada cardíaca e o médico não conseguiu reanimá-la. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), a morte foi causada por asfixia mecânica.

A delegada suspeita que a criança foi sufocada ao ter uma colcha pesada jogada sobre o carrinho onde estava. A mãe da menina, de 22 anos, e o pai, de 25, fugiram do bairro onde moram por medo de serem linchados pelos vizinhos. Ontem eles foram ouvidos e liberados por ter passado o período de flagrante.

Ainda por meio da assessoria de imprensa, Mariza Andrade informou que a família já vinha sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar da cidade após denúncias de cárcere privado e violência física contra a criança.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade