Publicidade

Estado de Minas MERCADO

Coca-Cola FEMSA Brasil tem formação gratuita para pessoas com deficiência

Ação em parceria com o Instituto da Oportunidade Social (IOS) formará 28 pessoas para a função de promotor de vendas em Belo Horizonte e São Paulo


13/07/2021 12:45 - atualizado 13/07/2021 12:55

Executivo de treinamento Nino Fonseca é um dos PCDs da companhia(foto: Coca-Cola FEMSA Brasil/Divulgação)
Executivo de treinamento Nino Fonseca é um dos PCDs da companhia (foto: Coca-Cola FEMSA Brasil/Divulgação)
Proatividade, foco no cliente, criatividade e boa comunicação são algumas das competências desejáveis para a função de promotor de vendas, que pode ser exercida por pessoas com deficiência que se capacitarem em um curso gratuito que será promovido pela Coca-Cola FEMSA Brasil, a partir de agosto, em Belo Horizonte e São Paulo.

Em parceria com o Instituto da Oportunidade Social (IOS), que atua desde 1998 com a formação profissional gratuita e a empregabilidade de jovens e pessoas com deficiência, a iniciativa batizada de “ComerciALL” tem como objetivo promover um ambiente mais diverso e inclusivo na área comercial da maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas.

A formação terá carga de 60 horas totalmente on-line em três semanas e a inscrição pode ser feita clicando neste link.

Os inscritos passarão por uma triagem que avaliará se estão alinhados com o perfil da companhia e, só então, poderão iniciar o curso. “Depois da formação, os participantes serão priorizados em nossos processos seletivos”, afirma Priscylla Haddad, gerente de inclusão & diversidade da Coca-Cola FEMSA Brasil. Os interessados precisam ter ensino médio completo.

Serão disponibilizadas 10 vagas em Belo Horizonte e 18 em São Paulo. Entre as atividades realizadas por um promotor de vendas estão a reposição de produtos em ilhas, gôndolas, prateleiras, refrigeradores e balcões; promoção do rodízio de diversos itens, verificando prazos de validade e preços; retirada e solicitação de troca dos produtos danificados; fixação de cartazes de propaganda, promoções e preços em locais estratégicos dos pontos de vendas; e montagem de displays, gôndolas e outros materiais de divulgação dos produtos.

O IOS será responsável pelo conteúdo de desenvolvimento comportamental e comunicação. Em seus 23 anos de atuação e com o apoio de empresas privadas, o Instituto já inseriu 40 mil profissionais no mundo corporativo, nos mais diversos setores, como tecnologia da informação, administração, RH e atendimento ao varejo.

“Parcerias como essa reforçam a importância de nossa missão de formar profissionais com deficiência para tornar as empresas cada vez mais inclusivas, com pessoas preparadas para o mercado de trabalho, por meio de uma solução eficiente e acessível, gerando valor social”, destaca a superintendente do IOS, Kelly Lopes.

Inserido com sucesso


Admitido no Centro de Distribuição de Sumaré em 2011, o executivo de treinamento Nino Fonseca é um dos PCDs da companhia. Ele celebra o “ComerciALL”: “Acho essencial, pois muitas pessoas com deficiência não criam perspectivas de crescimento profissional. Com uma iniciativa dessas a empresa consegue abrir infinitas possibilidades a esses profissionais”.

Atuando na elaboração e aplicação de conteúdos de educação corporativa para toda a área comercial da região metropolitana de Campinas, Nino tem atrofia no membro inferior esquerdo proveniente de um erro na aplicação de uma injeção. “No início, os colegas ficavam na dúvida se ofereciam ajuda ou tocavam no assunto da deficiência; entendo que era algo novo para eles. Mas foi questão de tempo para que todos se sentissem à vontade”, conta o colaborador.

Para saber mais sobre a Coca-Cola FEMSA Brasil, clique aqui.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade