Publicidade

Estado de Minas OPORTUNIDADE

PBH tem mais de 2 mil vagas para atividades virtuais de arte e cultura

Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura abrem inscrições gratuitas para as atividades da Escola Livre de Artes Arena da Cultura


20/02/2021 14:41 - atualizado 20/02/2021 14:51

Secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin, diz que os cursos formativos ofertados gratuitamente à população são um pilar importante da política pública na área da Cultura da PBH(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin, diz que os cursos formativos ofertados gratuitamente à população são um pilar importante da política pública na área da Cultura da PBH (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)


A Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Municipal de Cultura abriram inscrições para as atividades da Escola Livre de Artes Arena da Cultura em 2021. São oferecidas cerca de 2 mil vagas em todas as áreas artísticas da Escola – artes visuais, audiovisual, bastidores das artes, circo, dança, design popular, gestão e produção cultural, música, patrimônio cultural e teatro –, além de encontros virtuais voltados para estudos sobre cultura da infância.

Dando continuidade à proposta de formação artística Escola Expandida, iniciado no ano passado, a Escola promove atividades formativas em artes e cultura exclusivamente no modelo virtual, neste período de necessário distanciamento social para o combate à pandemia da COVID-19.

As inscrições para as atividades virtuais são gratuitas e podem ser feitas até dois dias úteis antes da aula inaugural de cada curso. O link para inscrição e a relação de todas as atividades disponíveis, e suas respectivas datas, podem ser acessados no portal da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH): pbh.gov.br/escolalivredeartes.

odas as aulas serão ministradas por meio da plataforma de Educação Aberta à Distância – EAD (ead.pbh.gov.br), desenvolvida pela Prefeitura.

São 90 ações de formação e vagas limitadas

 
Entre os vários cursos, há artes visuais, audiovisual, circo, dança, produção cultural, música e muito mais(foto: bodobe/Pixabay )
Entre os vários cursos, há artes visuais, audiovisual, circo, dança, produção cultural, música e muito mais (foto: bodobe/Pixabay )


Ao todo, serão mais de 90 ações de formação artística e cultural ofertadas, entre rodas de conversa, workshops, oficinas, laboratórios de pesquisa, minicursos e estudos complementares em cada uma das áreas artísticas citadas, além do módulo Transversal, que contempla conteúdos de várias áreas abrangidas pela ELA-Arena em uma só oficina.

Os interessados em participar das ações formativas, que têm vagas limitadas, devem ter a partir de 14 anos ou acessar as atividades voltadas para todas as idades. Caso o número de inscritos exceda o número de vagas disponíveis, será feita uma seleção pautada pelos critérios de assiduidade, pontualidade, presença qualificada e contribuição para o grupo de trabalho nos primeiros encontros.

“Em 2020, tivemos o desafio de repensar o modelo de formação artística da Escola Livre de Artes Arena da Cultura, diante da pandemia da COVID-19 e das restrições necessárias ao encontro presencial. Foi preciso, em um curto espaço de tempo, buscar alternativas para dar continuidade ao projeto, expandindo as possibilidades de ensino e aprendizagem e identificando novas alternativas para a transmissão de conhecimento. Felizmente, o modelo adotado gerou resultados positivos. Tivemos em 2020 mais de 200 atividades e 25 mil atendimentos virtuais. Agora, abrimos as inscrições para que mais pessoas possam realizar os cursos formativos da ELA-Arena, ofertados gratuitamente à população, como um pilar importante da política pública na área da Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte", destaca a secretária Municipal de Cultura e presidenta interina da Fundação Municipal de Cultura, Fabíola Moulin.


Escola expandida 


A Escola Expandida, abordagem de ensino à distância da ELA-Arena da Cultura, começou a ser conceituada pela equipe da Escola em março de 2020, logo no início da pandemia da COVID-19 no Brasil, diante da necessidade de interrupção das aulas presenciais naquele momento.

A concretização da abordagem se deu com a definição pela utilização da Plataforma de Educação Aberta à Distância (EAD) da PBH. A ferramenta, desenvolvida pela Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel), oferece um conjunto de possibilidades que favorece a interatividade entre docentes e discentes, a troca de conhecimentos entre os participantes e a transmissão de saberes, a exemplo dos encontros on-line (sessões de aula ao vivo), chats e fóruns de participação.

A ELA-Arena segue, no primeiro semestre de 2021, com as aulas exclusivamente on-line, como medida de prevenção ao contágio pela COVID-19.


Escola Livre de Artes Arena da Cultura


A Escola Livre de Artes Arena da Cultura foi criada em 2014, consolidando o projeto Arena da Cultura, promovido há mais de 20 anos pela Prefeitura de Belo Horizonte. Ela desenvolve atualmente cursos e oficinas em 10 áreas culturais.

Cada uma destas áreas conta com um coordenador, que é responsável por propor, acompanhar e avaliar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos. A ELA-Arena dispõe, ainda, de uma equipe pedagógica formada por profissionais que dinamizam os processos formativos, conceituais e metodológicos. Estes educadores promovem uma reflexão permanente em cada uma das áreas de atuação da Escola, visando ao aprimoramento do ciclo formativo.

Nos últimos anos, a ELA-Arena vem se destacando como uma das mais importantes escolas públicas e gratuitas de formação artística e cultural do país. Em 2018, a Escola disponibilizou cerca de 4 mil vagas, ao todo, em cursos e oficinas de arte. Esse número cresceu para cerca de 4,6 mil, em 2019. Em 2020, mesmo com a pandemia, houve a inédita implementação da Escola Expandida, com o desenvolvimento de 238 atividades, que somaram mais de 25 mil atendimentos virtuais. 

Por meio de parceria com o Núcleo de Produção Digital (NPD-BH), a ELA-Arena desenvolve minicursos de capacitação e formação na área audiovisual, além de outros percursos formativos. A Escola Livre de Artes Arena da Cultura também desenvolve, desde 2016, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, o projeto Integrarte, que visa à formação em arte e cultura para agentes públicos da rede municipal de ensino. Em 2020, no projeto Integrarte, foram desenvolvidas 44 atividades, com 3.924 atendimentos virtuais.


Escola Livre de Artes Arena da Cultura – Escola Expandida


Inscrições: 1º Semestre 2021


Valor: inscrições gratuitas

Mais informações: secretaria.ela@pbh.gov.br



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade