Publicidade

Estado de Minas FORMAÇÃO

Especialista aponta três habilidades para ter sucesso profissional em 2021

Mesmo com a pandemia, previsões apontam que o primeiro trimestre será de alta em relação às vagas de emprego. Mas seleção é mais rigorosa


02/02/2021 13:00 - atualizado 02/02/2021 14:53

Susanne Andrade, expert em desenvolvimento humano, diz que a simplicidade será o grande diferencial entre os profissionais neste ano profissionais neste ano. Crédito: Divulgação(foto: Arquivo Pessoal)
Susanne Andrade, expert em desenvolvimento humano, diz que a simplicidade será o grande diferencial entre os profissionais neste ano profissionais neste ano. Crédito: Divulgação (foto: Arquivo Pessoal)


O ano de 2020 ficará marcado pela pandemia do novo coronavírus. Além dos desafios na área da saúde, muito se falou sobre o mercado de trabalho que, devido ao isolamento social como medida de prevenção à doença, sofreu grande impacto com as demissões em massa, que motivaram a extinção de vagas de trabalho.

Com a chegada de 2021, veio a vacina para combater o novo coronavírus. As previsões apontam que o imunizante será fundamental para a retomada de todos os setores. A Pesquisa de Expectativa de Emprego do ManpowerGroup, divulgada em dezembro, aponta que o índice de contratações no Brasil para o primeiro trimestre deste ano é de 10% - crescimento de 13 pontos percentuais em relação aos últimos três meses de 2020.

O mesmo levantamento destaca que 17% dos empregadores acreditam em um retorno nos níveis de contratação pré-covid ainda nos próximos três meses. Outros 54% esperam essa retomada em até um ano, e 23% preveem uma reação entre 4 a 9 meses. Ou seja, o clima é otimista mesmo com a continuidade da pandemia.

Para aqueles que perderam seus empregos no ano passado ou não conseguiram a tão desejada vaga, este é o momento para aperfeiçoar as habilidades e se preparar para as entrevistas, na avaliação de Susanne Andrade, especialista em desenvolvimento humano, sócia-diretora da A&B Consultoria e Desenvolvimento Humano e autora do best-seller O poder da simplicidade do mundo ágil. Ela destaca que a simplicidade será o grande diferencial entre os profissionais neste ano.

"É fundamental adotar esta habilidade para se sobressair frente aos demais candidatos", avalia a especialista. Susanne, que é coach, palestrante e professora de cursos de MBA, aponta ainda as outras soft skills também serão vistas com mais entusiasmo pelos empregadores, como comunicação, agilidade, inovação e adaptabilidade.

Para praticar a simplicidade como uma das ferramentas para se destacar no mercado, Susanne reúne três atitudes que devem ser adotadas imediatamente:

1 - Investir em inteligência emocional
A inteligência emocional corresponde a competências sócio emocionais e desenvolvê-la proporciona evolução. Um exemplo simples é o quanto se pode fortalecer a autoestima profissional, substituindo a comparação com os outros, que é inimiga da autoestima, pela modelagem.

"Em vez de se comparar, busque entender o que a pessoa fez para chegar onde chegou ou conquistar o que conquistou. Tenha o colega como modelo, e monte o seu plano de ação para se reinventar e realizar", explica Susanne.

2 - Desenvolver a sua autogestão
Fortalecer a habilidade de liderança é uma importante atitude na agilidade, independente se ocupa um cargo de gestão ou não. A autoliderança é a base de tudo. Ter a humildade para aprender e crescer a partir dos outros é uma forma de liderar e de ser protagonista, analisa Susanne.

"Ao pedir feedbacks às pessoas, os profissionais praticarão a simplicidade para a evolução, fazendo a gestão de carreira a partir de uma comunicação assertiva em escutar o outro para crescer", ressalta.

3 - Dê adeus ao medo de errar
Tudo o que é novo provoca aquele frio na barriga. Para Susanne, a pessoa deve seguir em frente, mesmo com essa sensação. Ela completa que a coragem não é ausência de medo, mas de realizar algo mesmo com o medo. Ao ter esse entendimento, as pessoas se arriscam, ousam, inovam, se adaptam facilmente ao novo e fazem acontecer.

"Ao agir assim, o profissional contribuirá para acelerar a transformação digital, apontada como protagonista do processo, em detrimento do medo de todas essas mudanças. Este cenário proporciona crescimento enquanto seres humanos acima de tudo, pois a transformação digital é uma transformação humana", conclui.

Para saber mais sobre a A&B Consultoria e Desenvolvimento Humano: https://br.linkedin.com/company/a-e-b-consultoria-e-desenvolvimento  .
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade