UAI
Publicidade

Estado de Minas QUALIFICAÇÃO

Mestrado recoloca candidatos no mercado com melhores salários

Renda mensal de funcionários com mestrado pode aumentar em até 53,7%


05/01/2021 14:00 - atualizado 06/01/2021 11:22

(foto: Alexas Fotos/Pixabay)
(foto: Alexas Fotos/Pixabay)

Em 2020, a economia mundial sofreu grandes danos com a pandemia do novo coronavírus, pois a necessidade de ficar em casa fez com que muitos empreendimentos perdessem clientes e fossem obrigados a encerrar suas atividades. Apesar disso, áreas ligadas à tecnologia, engenharia, marketing e serviços, por exemplo, continuam aquecidas e em busca de profissionais qualificados.

Neste cenário, em que as empresas precisam de funcionários preparados para lidar com problemas mais complexos e diferentes a cada dia, quem investe em cursos de qualificação tem mais chances de se recolocar no mercado de trabalho. Além disso, uma pesquisa realizada pela Catho Educação em 2018, apontou que profissionais com cargo de coordenação que têm mestrado podem aumentar seus salários em até 53,7%.
 
O professor Carlos Eduardo Thomaz, coordenador dos programas de mestrado e doutorado em engenharia elétrica da FEI, conta que ainda há muita dificuldade, principalmente em nichos competitivos, para contratar profissionais com formação sólida, conhecimento e profundidade teórica para transformar ideias em soluções inovadoras. "Isso faz com que os candidatos com mestrado sejam mais valorizados no mercado".

Entretanto, é importante ressaltar que quem busca um programa de mestrado deve se preparar para um ritmo de estudos diferente dos que são praticados na graduação. Afinal, o conhecimento científico demanda um sistema de aprendizado mais dinâmico devido ao material de estudos evoluir continuamente.

"Mestres são profissionais mais aptos a liderar iniciativas inovadoras no meio produtivo, por terem o treinamento necessário para navegarem na fronteira do conhecimento, criando novas oportunidades e contribuindo para o bem estar da sociedade e da economia", afirma o professor Rodrigo Magnabosco, coordenador do mestrado em engenharia mecânica da FEI.

"Temas como transformação digital, indústria 4.0, tecnologias assistivas, ou eficiência energética, demandam soluções não triviais, ainda não inventadas, e precisam de mestres para seu desenvolvimento e implantação", complementa o professor.

Com 79 anos de tradição, o Centro Universitário FEI (https://portal.fei.edu.br/) é referência entre as instituições de ensino superior no Brasil nas áreas de administração, ciência da computação e engenharia. 

O Centro Universitário FEIA já está com inscrições abertas para os programas de mestrado e doutorado nas áreas de administração, engenharia elétrica, engenharia mecânica e engenharia química.

Os programas alinham a teoria do mestrado e doutorado com a prática profissional, funcionando como uma ferramenta para os alunos que desejam ampliar o conhecimento, a partir de pesquisas, e utilizá-las no ambiente de trabalho.

Para se inscrever e conhecer mais sobre cada área de especialização, acesse o Portal da FEI: https://portal.fei.edu.br/Pagina/mestrado-e-doutorado




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade