Publicidade

Estado de Minas HABILIDADE

Dicas de como ativar seu gênio criativo

No dia 17 de novembro é comemorado o Dia da Criatividade. Livro traz uma série de exercícios para aperfeiçoar as habilidades criativas e aguçar o senso de observação


13/11/2020 14:00 - atualizado 13/11/2020 10:38

O cérebro precisa sair da zona de conforto para ter ideias inovadoras(foto: mohamed Hassan/Pixabay )
O cérebro precisa sair da zona de conforto para ter ideias inovadoras (foto: mohamed Hassan/Pixabay )


No dia 17 de novembro é comemorado o Dia da Criatividade e, para quem busca desbloquear esse lado, a autora Bia Lombardi revela 10 maneiras de ativar o gênio criativo no livro Criando com empatia: um guia para incendiar a criatividade, conectar pessoas e transformar o mundo, afirmando que o cérebro só precisa sair da zona de conforto para ter ideias inovadoras.

A obra, publicada pela Editora Senac São Paulo, oferece meios para que o leitor saia do turbilhão de dúvidas na hora de criar e coloque em prática o projeto pessoal.

O livro traz uma série de exercícios para aperfeiçoar as habilidades criativas e aguçar o senso de observação, além de recursos complementares, como meditação, ilustrações e jogos.

Confira as dicas de como ativar seu gênio criativo:


• SÓ SEI QUE NADA SEI: Pessoas criativas demonstram uma vontade de enfrentar os desafios usando de outra perspectiva, além da inicial. É sempre bom partir do pressuposto de que tudo pode ser visto por um ângulo diferente. Tirar o ego de campo e olhar as coisas com verdadeira curiosidade e sem preconceitos, sabe? Na vida adote sempre uma postura de aprendiz. Seu gênio criativo agradece.

• RELAXAR É PRECISO: Viagens, "vodca" e meditação podem deixar você mais criativo, sabia? Seja viajando, tomando ‘umas’ com a galera (moderadamente, claro) ou meditando. Parar para apreciar a vida, outras culturas e maneiras de se relacionar pode fazer milagres pela sua criatividade, pois obriga a observar e a reavaliar tudo aquilo que é conhecido. Se as coisas andam sem graça por aí, viaje para dentro ou para fora de você!

• QUEM FICA PARADO É POSTE: Todas as pessoas experimentam a criatividade comum nas tarefas diárias. Quanto mais você faz, mais você quer fazer. Experimentamos pequenas doses de criatividade em tarefas diárias, nos pequenos passos da nossa rotina. Coloque-se em movimento, em ação e acenda a chama criativa na sua vida!

• TIRE O OLHO NO PRÊMIO: A criatividade pode afundar se seu foco for apenas a recompensa. Se você faz tudo pensando apenas em atingir o resultado esperando, pare. Pessoas criativas realmente apreciam a jornada, o processo criativo. Elas se envolvem no fazer e no pensar, tirando daí a sua motivação. Já escrevi um post bem legal sobre isso.

• DORMIR É O MELHOR REMÉDIO: Tirar uma soneca aumenta a sua energia, melhora sua criatividade e reduz o estresse. Desligue o coelhinho da Duracell de tempos em tempos e coloque a sua pilha para recarregar. O cérebro consome muita energia durante o processo criativo. É normal se sentir esgotado. Dê um tempo para ele. Tire aquela soneca no meio da tarde.

• QUANDO A CABEÇA NÃO PENSA, O CORPO PADECE: Internalize o mundo sempre que possível. Pegue tudo aquilo que você observa e tire um tempo para pensar sobre isso. Não seja aquela pessoa que senta na janela do trem e só vê um borrão passando pela janela. absorva a paisagem.

• QUEM NÃO SE COMUNICA, SE ESTRUMBICA: Falar duas línguas ou mais pode melhorar suas habilidades criativas. Aprenda outra língua. Isso obriga o seu cérebro a sair do padrão linguístico que está acostumado e a pensar de uma maneira diferente, sem contar os benefícios do mergulho em outra cultura, como mostrado no item 2. Quanto mais línguas você falar, mais abrirá a porta para o seu gênio criativo sair para o mundo.

• FALE E TORNE-SE: Todas as buscas criativas começam quando um pensador percebe um estímulo externo e o processa em sua mente. Palavras têm poder. Tanto a falada quanto a ouvida. Envolva-se com a criatividade falando sobre ela, para os outros e para si mesmo, diariamente.

• DEVAGAR E SEMPRE: Pessoas criativas têm nervos mais lentos. Nem tudo precisa ser feito na velocidade dos tempos modernos. Encontre graça em dedicar-se pacientemente às suas ideias e projetos criativos. Se você se preocupa com a falta de motivação que você pode enfrentar ao pisar no freio, basta planejar metas de rápido alcance no começo, conquistando uma de cada vez. Assim você se mantém motivado, sem cair na letargia.

• CRIATIVIDADE = FELICIDADE: A dopamina aumenta com reforço positivo e recompensas. Os neurobiologistas acreditam que ela também aumente com a criatividade. Se a criatividade aumenta os níveis de dopamina no nosso cérebro (a molécula da motivação, foco e produtividade), ela é perfeita para combater aqueles dias cinzentos e letárgicos. Coloque-se a desenhar, pintar, ler, ouvir música, qualquer atividade que desencadeie o seu processo criativo!


Sobre a autora:


Bia Lombardi é arquiteta, designer, ilustradora, cantora e escritora. Multipotencial desde o berço, passa seus dias a criar projetos, desenhos e músicas, além de dar oficinas e aulas sobre processo criativo.


Ficha técnica


(foto: Reprodução Internet)
(foto: Reprodução Internet)
Livro:
Criando com empatia: um guia para incendiar a criatividade, conectar pessoas e transformar o mundo

Autora: Bia Lombardi

Editora: Senac São Paulo 

Páginas: 160

Preço: R$ 58






receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade