UAI
Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Secretário especial de Desestatização diz que cronograma de privatização da Eletrobras está mantido


16/12/2021 20:27

O secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, classificou a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o processo de privatização da Eletrobras como uma "sinalização muito positiva", que possibilita ao governo manter o cronograma de capitalização da empresa.

Secretária-Executiva do Ministério de Minas e Energia, Marisete Dadald reforçou a declaração de Mac Cord, destacando a previsão do governo de realizar a oferta pública dentro do 1º quadrimestre de 2022, como "planejado".

"A sinalização foi muito positiva do TCU ontem. Nos deu possibilidade de continuar com o processo, trazendo a ressalva de que o edital pode ter alteração lá na frente. O cronograma segue dentro do previsto. Foi uma grande vitória e reconhecimento pelo trabalho conduzido. Seguimos bem", disse Mac Cord em coletiva à imprensa após a reunião do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Ontem, após adiar a conclusão da análise do processo de privatização da Eletrobras, o TCU permitiu que o Ministério de Minas e Energia (MME) dê prosseguimento aos estudos e etapas necessárias para a operação. A decisão condiciona a realização de medidas concretas, como assinatura dos novos contratos de usinas hidrelétricas da empresa, ao aval do órgão fiscalizador


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade