UAI
Publicidade

Estado de Minas HABITAÇÃO

MRV fecha 3° trimestre com recorde de unidades produzidas

Bom desempenho nos últimos 12 meses fez empresas do conglomerado arrecadarem R$ 7,7 bi


18/10/2021 18:51 - atualizado 18/10/2021 19:10

Prédio da MRV em Curitiba, no Paraná
Construtora acumulou recordes no terceiro trimestre deste ano (foto: MRV/Divulgação)
A MRV Engenharia registrou, de julho a setembro deste ano, recorde histórico de unidades produzidas em um trimestre. Nos últimos três meses, a construtora entregou 10.930 moradias. O número representa aumento de 12,2% em relação à quantidade de residências que ficaram prontas no mesmo período do ano passado. O dado consta no mais recente balanço periódico da empresa, divulgado nesta segunda-feira (18/10).

Nos nove primeiros meses de 2021, a MRV registrou R$ 5,7 bilhões em vendas líquidas. O valor é 41,6% maior ao visto em 2019 e 4,4% superior ao contabilizado entre janeiro e setembro do ano passado. Os lançamentos da empresa neste ano, somados, representam R$ 6,2 bilhões.

Nos Estados Unidos, onde a MRV é dona da AHS, construtora que tem a classe média como público-alvo, a venda de dois empreendimentos na Flórida rendeu US$ 123 milhões - cerca de R$ 669 milhões. A Luggo, startup controlada pela MRV que aluga apartamentos, lançou oito empreendimentos, que valem R$ 390 milhões. Juntos, os espaços têm 1.647 moradias.

Plataforma integrada rende mais recordes


A MRV&Co, plataforma habitacional que reúne a construtora "mãe", Luggo e AHS a Sensia e Urbia, também controladas pelo conglomerado da família Menin, gerou recorde histórico de vendas acumuladas nos últimos doze meses.

Entre setembro de 2020 e setembro deste ano, as unidades vendidas, somadas, geraram R$ 7,73 bilhões. O Casa Verde e Amarela, política pública do governo federal, responde por 39% das transações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade