Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Gentiloni afirma apoio por imposto mínimo global, após discurso de Yellen


12/07/2021 16:22

A Comissão Europeia concorda com a visão da secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, acerca da necessidade de adotar um imposto corporativo global mínimo e pretende trabalhar por um acordo sobre o tópico, segundo afirmou nesta segunda-feira, 12, o comissário europeu para Economia, Paolo Gentiloni, em entrevista coletiva que seguiu a reunião do Eurogrupo, grupo informal que reúne os 19 ministros de Finanças da zona do euro.

Durante o encontro, que teve Yellen como convidada, a secretária defendeu a proposta como parte da solução para manter a sustentabilidade fiscal no pós-crise. De acordo com Gentiloni, esta discussão é uma "alta prioridade" para a União Europeia (UE), que, inclusive, fez com que a Comissão do bloco adiasse os planos para tributação digital.

Presidente do Eurogrupo e ministro das Finanças da Irlanda, Paschal Donohoe afirmou que o país "não é parte do consenso" sobre a proposta do imposto mínimo corporativo global. Ele reiterou, no entanto, que o governo irlandês segue participando das negociações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade