Publicidade

Estado de Minas SEU BOLSO

Conta de luz vai subir; Aneel aumenta bandeira vermelha 2 em 52%

Sobretaxa é cobrada nas contas de luz toda vez que o custo da energia sobe


29/06/2021 11:46 - atualizado 29/06/2021 13:46

(foto: PxHere)
(foto: PxHere)

A energia elétrica vai ficar mais cara.  A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (29/06) o novo valor da bandeira vermelha 2, que sofreu um reajuste de 52%.

A sobretaxa é uma taxa adicional criada pela Aneeel cobrada nas contas de luz toda vez que o custo da energia sobe, como em época de estiagem, como a que o país está vivendo agora.


Cobrança adicional

A partir de agora, toda vez que o custo da energia estiver mais alto, a cobrança adicional, que antes era de  R$ 6,24, passará para para R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. 

A bandeira vermelha 2 está valendo desde junho e deve vigorar pelo menos até novembro, quando tem início o período chuvoso.


Leia também: Apagão ou racionamento? 10 termos para entender a crise do sistema elétrico

A bandeira tarifária é um adicional cobrado nas contas de luz para cobrir o custo da geração de energia por termelétricas, o que ocorre quando o nível dos reservatórios das hidrelétricas está muito baixo.

A região Centro-Sul do Brasil, que concentra as principais hidrelétricas, passa pela pior seca dos últimos 91 anos, de acordo com o governo.

Isso faz o governo acionar muito mais termelétricas a gás, óleo e carvão. Mais caras (especialmente as térmicas a óleo e a carvão), essas usinas funcionam como um “seguro” para garantir o suprimento de energia.

O custo desse seguro decorrente do acionamento das térmicas é repassado integralmente aos consumidores de energia elétrica.

O mecanismo das bandeiras também serve para o consumidor ficar ciente do custo da geração de energia, ao dividir o sistema em três cores: verde, amarela e vermelha (que tem dois patamares).

Foi o primeiro reajuste nos valores das bandeiras desde 2019. Os valores foram mantidos em 2020 e a bandeira verde foi acionada de junho a novembro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade